Minhas Finanças

Saiba que os brasileiros valorizam na hora de buscar um imóvel

PUBLICADO EM: 7.4.21 | 15H59
A vontade de mudar de imóvel é um desejo comum entre os brasileiros no cenário atual, mostra levantamento da Imovelweb

Imóveis com quintal, em bairros seguros e próximos a supermercados estão entre as prioridades

Karla Mamona

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

  • Pesquisa da Imovelweb aponta que 78% querem mudar de imóvel no cenário atual
  • A preferência é por imóveis com mais espaço e que tenham varanda ou quintal
  • Cerca de 70% dos entrevistados priorizam a busca por bairros seguros

 

Se você já teve vontade de mudar de casa desde o início da pandemia de coronavírus saiba que você não está sozinho. A vontade de mudar de imóvel é um desejo comum entre os brasileiros no cenário atual. É o que aponta uma pesquisa realizada pelo portal Imovelweb e divulgada com exclusividade pela EXAME Invest. A resposta foi apontada por 78% dos entrevistados.

De acordo com os dados, os principais motivos para a mudança são vender o imóvel e mudar para outro, procurar por um imóvel com mais espaços livres e o sonho de ter a casa própria.

Como aproveitar a retomada para ganhar com imóveis? A EXAME Academy fará de você um especialista no setor.

Para a maioria (55,13%), a mudança deve ocorrer dentro de seis meses, enquanto 31,35% querem se mudar dentro de um ano, 8,51% dentro de dois anos e 5,02% depois de mais de dois anos. 

Mais espaço  

A procura por mais espaço é uma das características presentes no período de isolamento social. Passando mais tempo em casa, muitas famílias procuram por quintais, varandas e quartos extras onde possam montar seus escritórios.  O levantamento pediu para os entrevistados apontarem o que mais priorizam em seu novo imóvel, sendo que era possível escolher mais de uma opção.

O resultado foi o seguinte: 38,39% apontaram um quintal ou um terraço; 27,85% querem um imóvel em um condomínio fechado; 27,22% procuram uma varanda; 26,91% querem um imóvel maior; 21,48% querem mais ambientes; 16,68% buscam por um jardim; 16,13% querem um imóvel fora da periferia da cidade.

Para 79%, a localização do imóvel é muito importante, enquanto 16% dizem que depende da situação e 5% apontam que não é a prioridade.

O levantamento também apontou o que os participantes mais buscavam em um novo bairro e o mais apontado foi a segurança (69,37%). As demais preferências são: ter supermercado perto (43,20%); ter fácil acesso ao transporte público (34,79%); possuir áreas de lazer ou espaços próximos (26,17%); proximidade com praças/parques (22,52%); ser perto do local de trabalho (21,20%); ser perto de espaços gastronômicos, como bares e restaurantes (19,17%); perto de escolas (12,37%); outros motivos (15,21%). 

A pesquisa mostra que 69,4% dos entrevistados disseram que estão à procura de um imóvel para comprar e 30,6% querem alugar. Para estes, o preço das propriedades e a falta de ofertas de imóveis na área de interesse são os dois maiores problemas na busca por imóvel.


Recomendado para você


Leia também

Karla Mamona

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais