Minhas Finanças

Santander amplia prazo de pagamento de empréstimos para seis anos 

PUBLICADO EM: 23.3.21 | 15H40
ATUALIZAÇÃO: 23.3.21 | 16H41
Ampliação do prazo de pagamento e carência de 59 dias são válidas para os clientes do Santander e da fintech Sim

Santander: as taxas das linhas disponíveis pelo banco são de a partir de 0,78% ao mês (ALEXANDRE MOREIRA)

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

O Santander anunciou nesta terça-feira, 23, que ampliou o prazo de pagamento dos empréstimos de cinco para seis anos. Desta maneira, os clientes do banco terão um prazo maior para quitar seu empréstimo bancário. 

A iniciativa também é válida para os empréstimos realizados por meio da Sim, a fintech de empréstimo pessoal, na tomada de recursos com garantia de veículos. Neste caso, o prazo maior é válido tanto para os clientes como não clientes. 

Quer mudar de carreira e não sabe por onde começar? Conheça as Jornadas de Finanças e Negócios

Além da ampliação do prazo, o Santander anunciou que dará carência de 59 dias para o pagamento da primeira parcela do financiamento. As taxas das linhas disponíveis pelo banco são de a partir de 0,78% ao mês. 

Por fim, o banco afirmou que irá liberar crédito em até três meses para os clientes que estão negativados, dará descontos de até 90% nas dívidas e prazo para quitação de seis anos. As condições estão disponíveis em todos os canais do banco e parceiros digitais como a emDia, a fintech de renegociação de dívidas do Santander. 

“As iniciativas têm como objetivo dar liquidez às pessoas neste momento de redução da atividade econômica, permitindo também uma melhor gestão do orçamento e de seus pagamentos”, afirma Cassio Schmitt, diretor de produtos de crédito do Santander.

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame