MERCADOS

Sem Assaí, Pão de Açúcar vale menos que Cogna e outras 108 empresas da Bolsa

PUBLICADO EM: 1.3.21 | 20H34
ATUALIZAÇÃO: 1.3.21 | 20H48
Com queda de 66% hoje, companhia fechou a sessão avaliada em 6,25 bilhões de reais; por outro lado, Assaí, com alta de quase 390%, passa a ser negociado em 19,16 bilhões de reais

Paula Barra

Repórter de mercados da Exame. Formada em jornalismo pelo Mackenzie e pós-graduada em Produtos Financeiros e Gestão de Risco pela FIA. Tem experiência de dez anos na cobertura do mercado financeiro, com passagens pelo InfoMoney, Empiricus e TradersClub.



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Com a cisão da rede de atacarejo Assaí (ASAI3), as ações do Pão de Açúcar (PCAR3) caíram 66% nesta segunda-feira, 1, fechando o pregão com valor de mercado de 6,255 bilhões de reais.

Tal cifra, rebaixa a companhia, que até sexta-feira aparecia como a 44ª em valor de mercado da B3 (quando ainda tinha incorporado os números do Assaí), para o posto de 110ª da lista, atrás de companhias como Cogna (COGN3), IRB Brasil (IRBR3) e Gol (GOLL4), segundo levantamento da Economatica feito a pedido da EXAME Invest.

Quer investir nas melhores pagadoras de dividendos da bolsa? Tenha acesso às recomendações dos especialistas da Exame Invest Pro

Essas três empresas encerraram essa sessão cotadas no mercado em 6,747 bilhões de reais, 7,318 bilhões de reais e 7,597 bilhões de reais, respectivamente.

Na sexta-feira, antes da cisão, o Pão de Açúcar fechou o pregão com valor de mercado de 22,25 bilhões de reais.

Por outro lado, o Assaí (ASAI3), que teve sua estreia hoje na B3, chega no mercado precificado em 19,16 bilhões de reais, segundo cotação do fechamento de hoje, o que o coloca no 51º do ranking da Bolsa brasileira.

Os papéis ASAI3, que chegaram a subir 418% no melhor momento desta sessão, fecharam com a alta de quase 390%, em 71,40 reais, tendo como base o preço fixado no leilão de abertura, em 14,69 reais.

"A pressão vendedora nos papéis do Pão de Açúcar era em parte aguardada pelo mercado, que já atribuía um valor muito maior à rede de atacarejo, que é o segmento que cresce mais e tem apresentado performance mais sólida ao longo dos últimos anos", comentou o analista Henrique Esteter, da Guide Investimentos.

Ele aponta, contudo, que o mais importante é olhar o todo, ou seja, como fechou a somatória de valor de mercado das duas empresas frente ao que foi visto na sexta-feira, uma vez que, com a cisão, os acionistas do Pão de Açúcar receberam o equivalente da sua participação em ações do Assaí.

Isto é, com a operação, quem possuía uma ação PCAR3 recebeu na última sexta-feira uma ação ASAI3.

"O que importa é vermos, ao final do dia, a somatória do valor das duas empresas, se foi maior que o de PCAR3 na sexta-feira. E, sim, de fato, foi maior. Vemos que esse movimento destravou bilhões em valor de mercado olhando para a somatória das duas empresas. Portanto, podemos dizer que o objetivo da cisão, que era destravar valor ao acionista, foi bem sucedido", comentou.

Somados, o valor de mercado de Pão de Açúcar e Assaí hoje é de 25,41 bilhões de reais, ou cerca de 14% maior dos 22,25 bilhões de reais registrados na sexta.

Abaixo, você pode conferir a lista das 110 empresas com maior valor de mercado da B3 hoje:


Recomendado para você


Leia também

Paula Barra

Repórter de mercados da Exame. Formada em jornalismo pelo Mackenzie e pós-graduada em Produtos Financeiros e Gestão de Risco pela FIA. Tem experiência de dez anos na cobertura do mercado financeiro, com passagens pelo InfoMoney, Empiricus e TradersClub.


Compartilhe nas redes sociais