Exame Invest
Mercados

Spoiler Macro: CPI nos EUA, queda nas mortes por covid no país e IBC-Br

PUBLICADO EM: 11.10.21 | 11H42
Relatório do BTG Pactual digital apresenta os principais eventos da economia e da política que movimentam os mercados na semana que começa
Carvão da Peabody Energy Francisco no estado de Indiana, nos Estados Unidos; preço da matéria-prima dispara em meio à crise energética global

Monte de carvão da Peabody Energy Francisco no estado de Indiana, nos Estados Unidos; preço da matéria-prima dispara em meio à crise energética global | Foto: Luke Sharrett/Bloomberg (Bloomberg)

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

A semana que começa terá a divulgação de informações importantes de inflação nos Estados Unidos: na quarta-feira, dia 13, pela manhã será conhecido o CPI (Índice de Preços ao Consumidor) da economia americana em setembro. À tarde, o Federal Reserve (o Fed) divulga a ata da última reunião do FOMC, o seu comitê de política monetária.

As informações constam do Spoiler Macro desta semana que começa, relatório do time de Macro & Estratégia do BTG Pactual digital, liderado por Álvaro Frasson, com Arthur Mota, Leonardo Paiva e Luiza Paparounis.

Outros destaques do relatório são:

  • Brasil e a pandemia: o país teve 437 mortes diárias na média móvel semanal, 12,6% abaixo do apresentado na semana anterior.
  • China: na terça à noite haverá a divulgação de dados de inflação; e no dia seguinte, da balança comercial.
  • Europa: destaque para o resultado da produção industrial de agosto na quarta-feira pela manhã.
  • Indicadores da economia: o setor de serviços de agosto pode apresentar alta de 16,0% na comparação anual, em divulgação na quinta-feira pela manhã pelo IBGE.
  • IBC-Br: conhecido como prévia do PIB, o indicador do Banco Central tem expectativa de recuo marginal de 0,1% na divulgação na sexta-feira dos dados de agosto, refletindo dados setoriais mistos.

Veja abaixo a análise do time que produz o Spoiler Macro sobre o CPI em setembro:

"Apesar da projeção apontar para leve redução da pressão inflacionária, os índices de preços do ISM e o indicador que antecipa o subgrupo de carros usados no CPI têm apontado para o sentido oposto, refletindo a continuidade das disfunções nas cadeias produtivas globais, com aumento do tempo de entregas e alta no preço do petróleo no mercado internacional. Dessa forma, o presidente do Fed, Jerome Powell, tem vocalizado nas últimas semanas maior preocupação com os preços da economia, enfatizando a visão de que a inflação tem se mostrado mais persistente do que era previsto pelo comitê."

O relatório, distribuído a clientes toda segunda-feira pela manhã, também traz na edição desta semana a análise sobre o comportamento juros futuros no Brasil à luz dos acontecimentos e dos dados mais recentes. Veja a análise:

"Apesar das incertezas fiscais o radar, a manutenção do discurso hawkish do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, permitiu o recuo dos vértices mais longos da curva DI. Contudo, em relação a dois meses atrás, podemos observar forte inclinação da curva DI", apontam os economistas no relatório.

 

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame