Exame Invest
Minhas Finanças

TransferWise suspende envio de dinheiro do Brasil para o exterior

PUBLICADO EM: 18.2.21 | 20H58
ATUALIZAÇÃO: 18.2.21 | 21H24
Serviço foi interrompido com fim de parceria com o MSBank; empresa diz que vai retomar os serviços e que as remessas do exterior para o Brasil estão mantidas
Dólar; Câmbio; Dólares

(Getty Images)

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

A TransferWise, uma empresa global de envio de dinheiro entre países, suspendeu temporariamente o serviço de remessa de recursos do Brasil para o exterior, segundo comunicado divulgado nesta quinta-feira, 18. A razão foi a suspensão de um acordo que tinha com um banco especializado em câmbio, o MSBank.

"A TransferWise confirma que a rota de remessa do Brasil está temporariamente indisponível devido a alguns ajustes operacionais, que incluem o fim da parceria com o MSBank", informou a companhia por meio de nota.

O MSBank, por sua vez, explicou que suspendeu a parceria com a TransferWise porque desenvolveu o seu próprio serviço.

"O MS Bank informa que encerrou as atividades do correspondente Transferwise em 18 de fevereiro de 2021. Tal evento decorre do pré-lançamento de plataforma própria do banco: CloudBreak (...) Os clientes poderão fazer seus envios para o exterior sem intermediários", informou o banco de câmbio por meio de mensagem no seu site.

A TransferWise é uma empresa de tecnologia especializada em remessas de câmbio, cofundada por Taavet Hinrikus e Kristo Käärmann, ambos da Estônia, em 2011. Já levantou mais de 1 bilhão de dólares em rodadas de investimento, com aportes de empreendedores como Richard Branson, fundador da Virgin, e Max Levchin, cofundador do PayPal.

"A TransferWise garante que segue com as operações no país e que as transações de seus clientes estão seguras e informa que os envios para o Brasil permanecem em pleno funcionamento", afirmou a companhia.

"A empresa notificará oportunamente aos clientes quando o serviço estiver novamente disponível para transferências do país", completou a TransferWise.

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame