Exame Invest
Mercados

Três apostas de crédito que deixaram investidores ricos em 2020

PUBLICADO EM: 28.12.20 | 17H18
ATUALIZAÇÃO: 28.12.20 | 17H20
Medidas do Fed para apoiar os mercados de dívida desencadearam uma alta dos preços que transformou apostas arriscadas em vencedoras

(SOPA Images/LightRocket via Gett)

Foto de Beatriz Quesada da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Beatriz Quesada

Repórter de mercados, passou pelas redações da revista Capital Aberto e rádio BandNews FM | beatriz.quesada@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

(Bloomberg) Os mercados de crédito despencaram no início da pandemia. Empresas antes sólidas de repente pagavam rendimentos de dois dígitos em busca de liquidez, enquanto títulos de companhias conhecidas e veneráveis podiam ser comprados por centavos de dólar.

Conheça o maior banco de investimentos da América Latina e invista sem medo de balelas.

Então, com a mesma rapidez, as medidas sem precedentes do Federal Reserve para apoiar os mercados de dívida corporativa desencadearam uma alta dos preços que transformou apostas arriscadas em vencedoras praticamente da noite para o dia. Um forte volume de negociações gerou bilhões de dólares em receitas extras em Wall Street e aumento dos bônus.

Em meio ao ano excepcional, algumas apostas se destacaram entre as demais. Confira algumas:

Airbnb

Silver Lake e Sixth Street Partners mais do que dobraram o capital com uma linha de US$ 1 bilhão para o Airbnb em abril. O segundo empréstimo que subscreveram para a empresa veio com garantias, que geraram retornos extraordinários assim que a empresa concluiu sua oferta pública inicial. Em apenas oito meses, as duas empresas registram ganhos acima de 100%.

Tupperware

Um boom na comida caseira e um plano ambicioso de corte de custos liderado pelo novo CEO Miguel Fernández deu à Tupperware Brands um impulso muito necessário em 2020, tirando a empresa do abismo.

As ações da Tupperware dispararam mais de 300% este ano, mas seus títulos de dívida também trouxeram ganhos para os investidores. Os US$ 600 milhões em títulos da empresa com cupom de 4,75% e vencimento em 2021 eram negociados a a 30,125 centavos de dólar em maio, depois de anunciar planos de recomprar apenas algumas das notas a preços com grandes descontos.

Os investidores que adquiriram os títulos a preços baixos e os mantiveram tiveram sorte em dezembro, quando a Tupperware obteve um novo empréstimo da Angelo Gordon & Co. e JPMorgan Chase e comprou os títulos restantes em torno do valor nominal, por um retorno total de mais de 230%.

Linhas de cruzeiro

Quando a pandemia se espalhou, poucos setores precisavam mais desesperadamente de capital do que as linhas de cruzeiro. Não apenas as viagens ao redor do globo pararam, mas os navios surgiram como foco de contágio, lançando dúvidas sobre quando a navegação poderia ser reiniciada.

A Carnival foi a primeira a levantar capital no mercado de títulos, oferecendo US$ 4 bilhões em títulos de três anos garantidos por navios e propriedade intelectual com um cupom de 11,5%, um dos mais altos de uma empresa com grau de investimento. A dívida, emitida a 99 centavos de dólar, ofereceu retorno de cerca de 25%.

Títulos garantidos da Norwegian Cruise Line e Royal Caribbean Cruises, empresas com classificação mais baixa, oferecidos em maio mostram retorno de cerca de 29% e 27%, respectivamente.

Foto de Beatriz Quesada da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Beatriz Quesada

Repórter de mercados, passou pelas redações da revista Capital Aberto e rádio BandNews FM | beatriz.quesada@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame