Exame Invest
Minhas Finanças

Twitter agora permite transferir dinheiro no Brasil. Veja como funciona

PUBLICADO EM: 23.9.21 | 19H09
ATUALIZAÇÃO: 23.9.21 | 19H23
Nova funcionalidade está disponível no país inicialmente para usuários com conta no PicPay, por meio de um botão chamado 'Bonificações', ao lado de 'Seguir'
Twitter apagará publicações falsas sobre eleição nos EUA a partir de hoje

Twitter passa a oferecer o serviço de transferência de recursos entre usuários da plataforma | Foto: Getty Images (SOPA Images/LightRocket via Gett)

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

O brasileiro acaba de ganhar mais um meio para fazer a transferência de dinheiro pela internet de forma instantânea e gratuita, depois do Pix e do WhatsApp, entre outros. O Twitter passou a oferecer no mundo de forma mais abrangente, incluindo o Brasil, um serviço de transferência de dinheiro por meio de sua plataforma.

A nova funcionalidade se chama "Bonificações" e aparece como um botão na página de perfil dos destinatários ao lado de "Seguir".

No Brasil, o serviço estará disponível inicialmente por meio de uma parceria com o PicPay. Isso significa que, para que ele funcione, é necessário que tanto o usuário que vai fazer a transferência como o que receberá tenham conta na fintech.

O serviço entrou em operação para um grupo de contas em maio nos Estados Unidos com o nome "Tips" e apenas para usuários das plataformas Bandcamp, Cash App, Patreon, PayPal e Venmo.

Se o botão "Bonificações" não aparecer, isso significa que o usuário não habilitou o serviço. Se aparecer e o usuário que quiser fazer a transferência clicar, vai aparecer uma lista de serviços ou plataformas de pagamento que a conta ativou.

Depois de escolher a plataforma, a pessoa será direcionada para o aplicativo selecionado para realizar o pagamento. Para ativar a funcionalidade, basta clicar em “Editar perfil” na página de perfil, tocar na opção “Bonificações” e escolher o serviço de pagamento disponível na região.

O Twitter informou que não receberá nenhuma taxa em cima da realização das transações.

Em maio, o WhatsApp Pay entrou em funcionamento no Brasil, oferecendo o serviço de transferências e pagamentos. Antes disso, em novembro do ano passado, o Pix, ferramenta de transferências e pagamentos desenvolvido pelo Banco Central, entrou em vigor.

Além da facilidade da transação entre usuários, o novo serviço vai permitir que seguidores possam contribuir com determinados perfis, de pessoas físicas e jurídicas, como se fosse uma doação.

Atualmente, muitos usuários já disponibilizam links para perfis de pagamento em suas bios e em seus tweets na plataforma.

O serviço de transferência estará disponível primeiramente no aplicativo do Twitter para iOS e, nas próximas semanas, será habilitado para celulares que operam com o Android.

 

 

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame