Exame Invest
Mercados

10 empresas que mais ganharam e perderam valor de mercado

PUBLICADO EM: 2.12.17 | 8H33
As maiores companhias da Bolsa lideram o ranking de perdas e ganhos

Bolsa: Ibovespa terminou o mês em queda de quase 4%

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

São Paulo - A Vale foi a companhia que mais ganhou em valor de mercado no mês de novembro. A companhia passou de 166,76 bilhões de reais de 31 de outubro para 183,34 bilhões de reais em 30 de novembro.

A RaiaDrogasil também terminou o mês com ganho em valor de mercado, mais de 3 bilhões de reais, chegando em 29 bilhões de reais. Confira a tabela abaixo:

EmpresaValor de mercado em 30 de novembroQuanto ganhou em valor de mercado
ValeR$ 183,34 bilhõesR$ 16,58 bilhões
RaiaDrogasilR$ 29,01 bilhõesR$ 3,22 bilhões
WEGR$ 36,90 bilhõesR$ 2,58 bilhões
SabespR$ 22,35 bilhõesR$ 1,98 bilhão
CieloR$ 62,08 bilhõesR$ 1,41 bilhão
JBSR$ 21,58 bilhõesR$ 1,01 bilhão
EnergisaR$ 9,92 bilhõesR$ 809 milhões
CosanR$ 4,71 bilhõesR$ 737 milhões
EquatorialR$ 12,71 bilhõesR$ 586 milhões
RumoR$ 20,29 bilhõesR$ 499 milhões

Em contrapartida a Petrobras foi a empresa que mais perdeu em valor de mercado, quase 19 bilhões de reais entre outubro e novembro deste ano. A companhia terminou o mês com valor de mercado estimado em 204,86 bilhões de reais.

A segunda companhia que mais perdeu em valor de mercado foi o Bradesco, que viu seu valor de mercado passar de 205,23 bilhões de reais para 191,75 bilhões de reais, uma perda de mais de 10 bilhões de reais.

Os dados foram divulgados pela Economatica, provedora de informações financeiras, a pedido do site EXAME.

EmpresaValor de mercado em 30 de novembroQuanto perdeu em valor de mercado
PetrobrasR$ 204,86 bilhõesR$ 18,72 bilhões
BradescoR$ 191,75 bilhõesR$ 13,48 bilhões
Banco do BrasilR$ 83,35 bilhõesR$ 12,56 bilhões
Itaú UnibancoR$ 254,49 bilhõesR$ 6,85 bilhões
CPFL EnergiaR$ 21,36 bilhõesR$ 6,62 bilhões
Telefonica VivoR$ 75,31 bilhõesR$ 5,87 bilhões
AmbevR$ 322,95 bilhõesR$ 5,34 bilhões
CCRR$ 31,97 bilhõesR$ 4,78 bilhões
BRFR$ 31,21 bilhõesR$ 4,68 bilhões
EletrobrasR$ 26,03 bilhõesR$ 4,66 bilhões

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame