MERCADOS

Abertura de Mercado: dólar tem espaço para cair para R$ 4,80

PUBLICADO EM: 8.6.21 | 10H51
ATUALIZAÇÃO: 9.6.21 | 7H53
Jefferson Laatus acredita que tendência de queda da moeda só vai mudar se acontecer “alguma coisa muito extrema”
Dólar

Dólar | Foto: Yuji Sakai/Getty Images

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Com desvalorização acumulada de mais de 5% nas duas últimas semanas, o dólar deve cair ainda mais frente ao real. Isso é o que afirma Jefferson Laatus, trader estrategista-chefe e sócio-proprietário do Grupo Laatus.

“Temos um cenário ao longo do ano para o dólar continuar em queda”, disse Laatus na Abertura de Mercado desta terça-feira, 8. Segundo ele, a moeda pode ficar abaixo dos 5 reais, chegando a oscilar em torno da faixa dos 4,80 reais e 4,90 reais .

Para o trader, a tendência de queda deve permanecer, “a menos que ocorra alguma coisa muito extrema”.

“Na semana que vem, terá a reunião de política monetária americana. Caso tragam uma novidade que surpreenda o mercado, podemos ver uma movimentação pontual no dólar, mas o cenário ainda é de baixa.”

Entre os fatores que exercem essa pressão negativa sobre a moeda americana, Laatus cita a entrada de capital estrangeiro no Brasil e a alta de juros, que vem sendo feita pelo Banco Central. Para a próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que será realizada semana que vem, o mercado espera mais uma elevação de 0,75 ponto percentual, com a taxa Selic passando para 4,25% ao ano.

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame