Exame Invest
Mercados

Ações da Mosaico disparam até 20% após aquisição pelo Banco Pan

PUBLICADO EM: 4.10.21 | 10H39
ATUALIZAÇÃO: 4.10.21 | 13H50
Papéis do banco recuam mais de 8% em dia de forte queda das empresas do setor financeiro; operação será feita via troca de ações

Compra do Pan mudou trajetória das ações da Mosaico, que acumulavam queda após IPO | Foto: Cauê Diniz/Divulgação

Foto de Beatriz Quesada da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Beatriz Quesada

Repórter de mercados, passou pelas redações da revista Capital Aberto e rádio BandNews FM | beatriz.quesada@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

As ações da Mosaico (MOSI3), dona dos sites de consumo Buscapé, Zoom e Bondfaro, chegaram a disparar até 20% nos primeiros minutos de negociação nesta segunda-feira, 4, com investidores repercutindo o anúncio de aquisição da empresa pelo Banco Pan (BPAN4). No início da tarde, a alta havia perdido intensidade para 12%. O negócio foi anunciado na noite de domingo e será realizado integralmente via troca de ações.

Os papéis do banco, por sua vez, recuavam cerca de 8,50%, em dia de queda generalizada de papéis dos setores financeiro e de tecnologia. No caso das ações tech, a desvalorização é global, com investidores temerosos que a alta da inflação leve a um aumento nos juros, prejudicando, principalmente ações com grande necessidade de caixa. Hoje também é o dia da estreia dos BDRs da XP Investimento na B3, o que pode estar entre as causas da desvalorização abrangente entre os bancos.

O anúncio mudou a trajetória das ações da Mosaico, que vinham sendo penalizadas na bolsa pela suposta falta de novas iniciativas. “Ser adquirida pelo Banco Pan é uma oportunidade para que os serviços financeiros sejam incorporados dentro das plataformas de shopping de forma mais robusta, engajando e retendo mais os clientes”, afirmam, em nota, analistas da Genial Investimentos. 

A Genial também destaca que o Pan fez um bom negócio ao aproveitar a boa performance de sua ação BPAN4 – que sobe 81% no ano – para trocar com MOSI3, que acumulava até a última sexta uma queda de 36% desde sua abertura de capital (IPO) em fevereiro. “Seguindo a tendência de criação de marketplaces, o Banco Pan ganha tempo e know-how ao trazer para dentro a Mosaico”, afirmam.

A transação também é positiva na visão do Bradesco BBI, que destaca os benefícios de monetização do negócio a partir da criação de um ciclo completo de soluções de crédito e comércio eletrônico aos clientes. 

“A transação deve permitir ao Banco Pan não apenas melhorar seus produtos por meio de uma empresa de tecnologia, mas também explorar uma base de clientes relevante”, afirmam os analistas.

Foto de Beatriz Quesada da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Beatriz Quesada

Repórter de mercados, passou pelas redações da revista Capital Aberto e rádio BandNews FM | beatriz.quesada@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame