MERCADOS

Dólar dispara e BC intervém com leilão de US$ 1,5 bi

PUBLICADO EM: 10.9.15 | 12H02
Com a operação, o BC colocará no mercado US$ 1,5 bilhão em duas operações dividindo esse valor de acordo com critérios da própria instituição
Dólares:

Leilão: o BC colocará no mercado US$ 1,5 bilhão em duas operações dividindo esse valor de acordo com critérios da própria instituição

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Brasília - Depois de o dólar abrir em alta reagindo ao rebaixamento da nota do Brasil pela Standard & Poor's, o Banco Central decidiu intervir no mercado com um leilão de venda conjugado com compra, chamado de leilão de linha.

Com a operação, o BC colocará no mercado US$ 1,5 bilhão em duas operações dividindo esse valor de acordo com critérios da própria instituição.

Tradicionalmente, o BC anuncia o leilão em um dia e o executa no próximo, mas, desta vez, a opção foi por fazer no mesmo dia.

O leilão "A" será realizado das 10h20 às 10h25 e tem data de liquidação em 04 de janeiro de 2016. Já o leilão "B" ocorrerá das 10h40 às 10h45 com data de liquidação de 4 de abril de 2016.

A taxa de câmbio usada para a venda de dólares será a do boletim das 10h.

As operações serão liquidadas em 14 de setembro. O BC preferiu utilizar como primeira ferramenta para conter a alta do dólar o leilão de linha e não atuar no mercado à vista.

A última vez em que se desfez de parte das reservas internacionais foi em 03 de fevereiro de 2009.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame