MERCADOS

Azul, Ambipar, Ecorodovias, setor de serviços e o que mais move o mercado

PUBLICADO EM: 11.6.21 | 7H08
Bolsas internacionais mantêm tom positivo, percepção de inflação passageira ganhando força entre investidores

Azul: empresa levanta 600 milhões de dólares | Foto Leandro Fonseca/Exame

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

As principais bolsas do mundo operam no campo positivo nesta sexta-feira, 11, estendendo os ganhos do último pregão, quando o índice americano S&P 500 voltou a bater recorde de fechamento após mais de um mês. 

O que impulsionou as bolsas foi a maior percepção de que os efeitos inflacionários dos Estados Unidos devem ser apenas passageiros, voltando à normalidade até o fim do ano. 

Na véspera, o índice de preço ao consumidor americano (CPI, na sigla em inglês) superou as estimativas, ficando em 5% no acumulado de 12 meses. Após sua divulgação, no entanto, o mercado aumentou o apetite por ativos de risco.

Além das bolsas de valores, commodities, como o minério de ferro e o petróleo sobem nesta sexta. Em Dalian, o metal subiu 4,1%, segundo a Reuters, e bateu a máxima em mais de três semanas nesta madrugada, a 191 dólares a tonelada, com sinais de que a demanda permanece forte na China. 

Em Londres, o petróleo brent, referência para a política de preço da Petrobras (PETR3/PETR4) também opera em alta nesta manhã, negociado a 72,67 dólares o barril. De acordo com a Agência Internacional de Energia, a demanda pela commodity deve superar os níveis de antes da pandemia até o fim de 2022. 

A valorização de commodities no mercado internacional tende a favorecer a bolsa brasileira, tendo em vista que somente a Vale (VALE3) e a Petrobras correspondem a mais de 20% do Ibovespa.

Setor de serviços

No mercado local, investidores também estarão atentos à divulgação de dados do setor de serviços referentes ao mês de abril. A expectativa é de crescimento mensal de 0,6%, ante a queda anterior de 4% puxada pelas medidas de isolamento retomadas em março. Na comparação anual, a alta deve ficar em 18,2%, segundo estimativas de mercado. 

Ecorodovias

A Ecorodovias (ECOR3) anunciou na última noite a aprovação de uma oferta restrita de 172 milhões de ações. Considerando o último valor de fechamento dos papéis de 13,33 reais, a oferta tem potencial de levantar 2,3 bilhões de reais. Desse total, 80% deve sere destinado ao caixa da empresa. 

Azul

A Azul (AZUL4) levantou 600 milhões de dólares por meio de emissão de senior notes no exterior. A operação ocorre em meio aos rumores de que a empresa pretende adquirir as operações da Latam no Brasil. 

Em fato relevante recente, a direção da Azul afirmou que vê a companhia em posição de liderar o movimento de consolidação no setor. Mas, até agora, quem saiu na frente foi a GOL (GOLL4), com a compra da MAP, a quinta maior companhia aérea do país. 

Ambipar

A Ambipar (AMBP3) fechou a aquisição da Metal Ar Engenharia, especializada em gerenciamento, movimentação e tratamento de resíduos com foco em mineração. Em 2020, a receita da empresa foi de 120 milhões de reais. A Ambipar não revelou o valor da compra.

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame