Exame Invest
Mercados

Construtoras de baixa renda devem sofrer mais com a inflação, diz BTG

PUBLICADO EM: 10.8.21 | 10H01
Com IPCA de 9%, dificuldade para repassar aumento de custos pode reduzir margem de lucro, diz Fernando Mollo, analista de ações do BTG Pactual Digital
construbatti

Construção civil | Foto: Alexandre Battibugli/Exame

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

O Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA) voltou a superar as estimativas nesta terça-feira, 10, ficando em 0,96% no mês de julho e em 8,99% no acumulado de 12 meses. Em junho, a inflação de 12 meses era de 8,35%.

A dinâmica de preços tem pressionado as despesas corporativas, com maiores gastos com insumos. Entre os setores mais prejudicados por esse cenário, que também induz à alta de juros, está a construção civil. Embora as empresas venham divulgando bons resultados, a expectativa de Fernando Mollo, analista de ações do BTG Pactual Digital, é de que construtoras de baixa renda sejam as mais prejudicadas. 

“Essas empresas acabam sofrendo mais, pois seu público-alvo tem menor capacidade de absorver a alta de preços”, disse na Abertura de Mercado desta terça.

Uma das construtoras com esse foco é a Direcional (DIRR3), que apresentou resultado do segundo trimestre na última noite. A empresa teve lucro líquido de 40,7 milhões de reais, superando os 33,9 milhões de reais registrados no mesmo período do ano passado.

Embora trabalhe com imóveis voltados para o programa Casa Verde e Amarela (Ex-Minha casa, Minha Vida), o resultado da Direcional teve ajuda da subsidiária Riva, voltada para o média renda. “Isso deu maior espaço para repasse de preço e, consequentemente, espaço para ganhos de margem de 38%, que foi o grande destaque do balanço da Direcional”, comentou Mollo. 

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame