MERCADOS

Elon Musk fuma maconha em programa e ações desabam

PUBLICADO EM: 7.9.18 | 13H15
O empresário afirmou que não é um fumante regular de maconha e que não acha que seja muito bom para produtividade
Elon Musk, presidente da Tesla Motors

Musk: após ocorrido, dois executivos da Tesla pediram demissão

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

São Paulo - As ações da Tesla registravam forte desvalorização na Nasdaq nesta sexta-feira. Por volta das 13h, os papéis caíam de 5,25%. No pré-market, a queda foi de 9%

Elon Musk participou de um programa na internet e apareceu ao vivo fumando maconha. O cigarro, que é uma mistura de tabaco e maconha, é legal na Califórnia. Em entrevista ao comediante Joe Rogan, o empresário afirmou que não é um fumante regular de maconha e que não acha que seja muito bom para produtividade.

Após o episódio, dois executivos da companhia pediram demissão. Dave Morton, diretor de contabilidade, estava na empresa apenas um mês.

Em sua carta de demissão, Mortom apontou o alto nível de atenção do público na empresa e afirmou que o ritmo dentro da Tesla superou as suas expectativas. Entretanto, disse que acredita fortemente na companhia, na sua missão e perspectivas futuras e que não tem nenhum desentendimento com o alto escalão da empresa.

Já Gaby Toledano, diretor de Recursos Humano, estava de licença e afirmou que não retornará ao trabalho. 

 

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame