Exame Invest
Mercados

Evergrande evita calote ao fazer pagamento de última hora

PUBLICADO EM: 22.10.21 | 9H33
A segunda maior incorporadora imobiliária da China enviou 83,5 milhões de dólares para uma conta fiduciária do Citibank

Foi um alívio para investidores e reguladores, preocupados com as repercussões nos mercados globais (Barcroft Media via Getty Images)

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

 O China Evergrande Group parece ter evitado a inadimplência com um pagamento de cupom de bônus de última hora, disse uma fonte nesta sexta-feira, "comprando" mais uma semana para lidar com uma crise de dívida que paira sobre a segunda maior economia do mundo.

A segunda maior incorporadora imobiliária da China enviou 83,5 milhões de dólares para uma conta fiduciária do Citibank na quinta-feira, disse à Reuters uma pessoa com conhecimento do assunto, permitindo à empresa pagar juros sobre um título denominado em dólares norte-americanos com vencimento em 23 de outubro.

Foi um alívio para investidores e reguladores, preocupados com as repercussões nos mercados globais. O pagamento reforça as garantias das autoridades chinesas de que os credores estarão protegidos.

Ainda assim, a mais endividada companhia do setor imobiliário do mundo --com mais de 300 bilhões de dólares em passivos-- precisará fazer pagamentos de uma série de outros títulos, com o próximo prazo crucial para evitar o calote em 29 de outubro e poucas informações sobre sua capacidade de pagamento.

A Evergrande não respondeu a um pedido de comentário. O Citibank não quis comentar. A fonte não foi autorizada a falar com a mídia e, portanto, não quis ser identificada.

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame