Governo levanta R$ 11,5 bilhões com a venda de debêntures da Vale | Exame Invest
Exame Invest
MERCADOS

Governo levanta R$ 11,5 bilhões com a venda de debêntures da Vale

PUBLICADO EM: 13.4.21 | 6H00
ATUALIZAÇÃO: 13.4.21 | 11H02
Títulos pagam um percentual das vendas líquidas de ferro e da receita líquida com cobre e ouro; medida faz parte da redução de ativos do governo no setor privado
Mineração na S11D; Minério de ferro; Carajás; Vale; Carajás /PA

Instalações da Vale em Carajás, no estado do Pará

Imagem da Editoria Exame Invest
Bloomberg



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Da Bloomberg: O governo brasileiro vendeu cerca de 11,47 bilhões de reais em debêntures participativas da Vale (VALE3).

O Tesouro Nacional e o BNDES, que antes da venda detinha cerca de 55% do total das debêntures emitidas, venderam os 214,33 milhões de títulos ao preço de 53,50 reais cada uma, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

Descubra os ativos mais rentáveis na renda fixa com os relatórios da EXAME Invest Pro

Os preços no mercado secundário estavam em cerca de 60 reais na semana passada, segundo a Anbima, associação que reúne as entidades do mercado de capitais.

A venda faz parte de um plano de venda de bens do Estado defendido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

A dívida subordinada não tem um cupom fixo e, em vez disso, paga aos detentores um dividendo igual a 1,8% da receita líquida de vendas de minério de ferro e 2,5% da receita líquida de cobre e ouro após certos limites de produção em algumas minas serem atingidos. A receita é calculada em dólares e depois convertida em reais para distribuição aos investidores.

Os agentes de colocação foram Banco Bradesco BBI, Citi, Banco Itaú BBA e JPMorgan Chase.


Recomendado para você


Leia também

Imagem da Editoria Exame Invest
Bloomberg


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame