Exame Invest
Mercados

Índice de blue-chips da China fecha em alta

PUBLICADO EM: 10.3.21 | 7H48
O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,66%
China-Evergrande-bolsa-Xangai

(REUTERS)

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

As ações de blue-chips da China fecharam em alta nesta quarta-feira, um dia depois de atingirem mínima em quase três meses, embora os ganhos tenham sido limitados pelas preocupações com o aperto da política monetária conforme a economia se recupera.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,66%, liderado por um salto de 2,63% no subíndice de saúde e por ganho de 1,94% no setor de consumo básico.

O subíndice do setor financeiro recuou 0,61%, enquanto o imobiliário caiu 1,06%.

O índice de Xangai teve baixa de 0,05%.

Os preços nos portões das fábricas da China subiram em fevereiro no ritmo mais forte desde novembro de 2018 conforme a indústria correu para entregar as encomendas de exportação, levantando expectativas de um crescimento robusto na segunda maior economia do mundo em 2021.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,03%, a 29.036 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,47%, a 28.907 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,05%, a 3.357 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,66%, a 5.003 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,60%, a 2.958 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,37%, a 15.911 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,93%, a 3.079 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,84%, a 6.714 pontos.

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame