Exame Invest
Mercados

JBS compra gigante do salmão por R$ 1,6 bi e entra no mercado de peixes

PUBLICADO EM: 6.8.21 | 7H35
ATUALIZAÇÃO: 6.8.21 | 7H53
'Vamos repetir com peixes o que fizemos anteriormente com frango, suínos e produtos de valor agregado', diz Gilberto Tomazoni, CEO Global da JBS
JBS BNDES briga corrupção processo Batista

O grupo JBS anuncia a sua entrada no setor de peixes | Foto: JBS/Divulgação

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

A JBS (JBSS3), maior companhia do mundo no setor de carnes, anunciou ao mercado na manhã desta sexta-feira, dia 6, um acordo para adquirir 100% da Huon Aquaculture, a segunda maior produtora de salmão da Austrália.

A transação, com valor de mercado de US$ 315 milhões (cerca de R$ 1,6 bilhão) e um enterprise value de US$ 403 milhões (cerca de R$ 2,1 bilhões), já foi aprovada pelos acionistas majoritários e tem previsão de ser concluída no fim de 2021, com a aprovação dos demais acionistas e das autoridades australianas, segundo a companhia.

“Trata-se de um movimento estratégico, que marca a entrada da JBS no negócio de aquicultura. Vamos repetir o que fizemos anteriormente com frango, suínos e produtos de valor agregado, para deixar nosso portfólio ainda mais abrangente", afirmou Gilberto Tomazoni, CEO Global da JBS.

"A aquicultura será uma nova plataforma de crescimento dos nossos negócios”, completou.

Em março, a Seara havia anunciado o início da distribuição de peixes e frutos do mar no mercado brasileiro, com produtos como salmão, tilápia e camarão, entre outros. Agora, com a aquisição na Austrália, a JBS passa a ter produção própria.

“São 33 anos de experiência da Huon com uma produção sustentável, de alta tecnologia e produtos de qualidade superior, em um setor com ótimas perspectivas de crescimento no mundo todo”, disse Tomazoni. Além da participação relevante no mercado australiano, cerca de 15% da produção da Huon é destinada para exportação.

A Huon possui 13 locais de produção e 3 unidades de processamento de produtos de valor agregado.

As ações da JBS recuaram 1,93% na quinta-feira, em dia de queda de 0,14% do Ibovespa. No ano, as ações acumulam alta de 35,2%.

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame