Exame Invest
Mercados

Locaweb compra Squid, plataforma com mais de 100 mil influenciadores

PUBLICADO EM: 5.10.21 | 9H14
ATUALIZAÇÃO: 5.10.21 | 10H01
Valor da aquisição, de 176,5 milhões de reais, pode ser ainda maior, dependendo metas alcançadas; sócios-fundadores foram mantidos
Locaweb

Locaweb: companhia adquire Squid por 176,5 milhões de reais | Foto: Divulgação

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

A Locaweb (LWSA3) anunciou nesta terça-feira, 5, a compra da Squid, plataforma que conecta influenciadores digitais a empresas que desejam utilizá-los para campanhas de marketing. O valor da aquisição foi de 176,5 milhões de reais.

Os sócios-fundadores da Squid, Felipe Oliva e Carlos Tristan, permanecerão na empresa junto com seus colaboradores. Dependendo das metas alcançadas, o montante pago pela aquisição poderá ser ainda maior.

De forma automatizada, a Squid identifica, recruta, gere e realiza os pagamentos de influenciadores digitais, ajudando empresas de todos os segmentos a impulsionarem os resultados de suas campanhas e aumentarem suas vendas.

Segundo fato relevante divulgado pela Locaweb, a Squid possui uma base de mais de 100.000 influenciadores, que produziram mais de 300.000 conteúdos em 2021.  A receita anual recorrente da empresa é de 100 milhões de reais, "com crescimento de triplo dígito" neste ano.

"A forma como as pessoas interagem com as marcas vem mudando muito ao longo dos últimos anos. Quem nunca comprou um produto ou contratou algum serviço depois de ver alguém que admira e acompanha nos canais digitais falando sobre ele ou simplesmente o utilizando?", comenta Fernando Cirne, presidente da Locaweb. "A Squid está trazendo para o grupo Locaweb a oportunidade de, juntos, democratizarmos esse mercado de conteúdo no Brasil", afirma

Para a gigante de tecnologia, a aquisição deve gerar sinergias, com a possibilidade de oferecer a ferramenta da Squid para seus mais de 600.000 clientes, entre grandes e pequenas empresas. Segundo a Locaweb, os próprios criadores de conteúdo poderão passar a utilizar seus serviços, como as plataformas de comércio eletrônico e gestão de redes sociais, meios de pagamento, sites e domínio. 

"Para darmos os próximos passos e conseguirmos trabalhar na cauda longa, precisávamos de um parceiro estratégico, que nos desse a autonomia e estrutura para seguirmos os nossos planos. Várias companhias e fundos nos procuraram, mas desde as primeiras conversas, tivermos a certeza de que a Locaweb seria a melhor opção para nós", diz Felipe Oliva, co-fundador e presidente da Squid.

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame