Exame Invest
Mercados

Melhor que a Petrobras: 7 BDRs do setor para aproveitar a alta do petróleo

PUBLICADO EM: 22.2.21 | 6H15
ATUALIZAÇÃO: 22.2.21 | 11H58
As ações da Petrobras recuam perto de 20% nesta segunda-feira e já acumulam perdas de 23% no ano com a interferência do governo nos negócios da estatal

(Bloomberg)

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 3MIN

As ações da Petrobras (PETR3; PETR4) despencam cerca de 20% na manhã desta segunda-feira, 22, com investidores vendendo os papeis em peso por causa da intervenção do presidente Jair Bolsonaro no comando da empresa e, possivelmente, na gestão de preços dos combustíveis.

Enquanto a cotação do Brent, tipo de petróleo que serve de referência para os negócios da companhia, subiram 22% em 2021, com o barril negociado a mais de 62 dólares no fechamento da sexta-feira, 19, as ações ordinárias da Petrobras (PETR3) acumulavam queda de 6,1% em 2021 até o fim de semana; as preferenciais, uma desvalorização de 3,6%. Para efeito de comparação, os papeis da PetroRio (PRIO3) subiram 26,6% no mesmo período.

Com as fortes perdas desta segunda-feira, a desvalorização acumulada de PETR3 no ano supera os 23%.

Para o investidor que deseja aproveitar a alta do petróleo, um movimento visto como consistente e que deve perdurar, segundo analistas, existem mais possibilidades do que os papéis da Petrobras e da própria PetroRio, uma petrolífera de menor porte dedicada à produção em campos maduros e exposta ao risco regulatório no Brasil.

"Existem mais de 20 BDRs na bolsa representando as maiores petrolíferas do mundo, desde a Shell até a Chevron, que o Warren Buffett começou a comprar recentemente", afirma Bernardo Carneiro, CFA, analista especializado em BDRs da EXAME Invest Pro.

Ele faz referência aos BDRs (os Brazilian Depositary Receipts, ou recibos de ações de companhias listadas em bolsas no exterior) do setor de petróleo & gás negociados na B3.

"Faz todo o sentido que o brasileiro que quer investir em petróleo se posicione em algumas dessas companhias, que são privadas e, por isso, objetivam ser rentáveis, em gerar valor ao acionista", afirma Carneiro.

É o oposto do que se vê na Petrobras no atual momento, em que a União, acionista controlador, quer colocar o populismo tarifário para agradar os caminhoneiros e a população acima dos interesses dos acionistas.

Diferentemente da Petrobras, cujas ações deixaram de aproveitar o momento positivo do mercado e que agora ameaçam entrar em queda livre com a mão pesada do presidente Jair Bolsonaro para interferir na sua gestão, os BDRs estão se valorizando nas últimas semanas e devem continuar assim, segundo analistas. A razão principal é justamente as perspectivas de continuidade de alta da commodity nos próximos meses.

Em muitos casos, a alta dos BDRs supera os dois dígitos, acompanhando a valorização das ações nos Estados Unidos e em outros países, como a China.

Veja abaixo uma lista de 7 BDRs de petrolíferas estrangeiras com valorização acima de 10% em 2021:

  1. ExxonMobil (EXXO34): +30,4%
  2. Sinopec (C1HI34): +25,7%
  3. ConocoPhillips (COPH34): +25,6%
  4. PetroChina (PTCH34): +17,1%
  5. Chevron (CHVX34): +16,6%
  6. Shell (RDSA34): +13,9%
  7. BP (B1PP34): +12,1%

 

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame