Minério de ferro salta 7% por perspectivas de demanda da China após feriado | Exame Invest
Exame Invest
MERCADOS

Minério de ferro salta 7% por perspectivas de demanda da China após feriado

PUBLICADO EM: 18.2.21 | 8H18
O minério de ferro para entrega em maio na bolsa de commodities de Dalian subia 7,1%, a 1.131,50 iuanes por tonelada (175,22 dólares) no pregão diurno
Minério de ferro: os futuros do minério caíram nesta terça-feira, um dia após registrarem o maior recuo para um único dia em quase 10 meses

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Os futuros do minério de ferro na China saltaram 7% nesta quinta-feira, em meio a expectativas de uma retomada na demanda chinesa após o país voltar do feriado de Ano Novo Lunar, que dura uma semana, e com sinais de aceleração na recuperação da economia global somando-se ao otimismo.

Conheça o maior banco de investimentos da América Latina e invista com os melhores assessores

O minério de ferro para entrega em maio na bolsa de commodities de Dalian subia 7,1%, a 1.131,50 iuanes por tonelada (175,22 dólares) no pregão diurno, após ter chegado a tocar 1.134,50 iuanes, o maior nível desde 22 de dezembro.

Na bolsa de Cingapura, o material usado na fabricação do aço via o contrato para março avançar 1,5%, para 169,40 dólares por tonelada.

Usinas siderúrgicas chinesas devem aumentar a produção para recompor estoques, uma vez que muitos canteiros de obras seguiram abertos durante o feriado, e para atender a demanda futura.

"O sentimento do mercado também tem sido apoiado por perspectivas positivas dos principais exportadores", disse Daniel Hynes, estrategista de commodities do ANZ.

O mercado global de minério de ferro deve seguir robusto por algum tempo, dadas as preocupações com o suprimento e a demanda mais forte que o usual na China, disse a presidente da Fortescue Metals Grop, Elizabeth Gaines.

Na terça-feira, a BHP disse esperar uma continuidade da forte demanda chinesa em 2021 e uma recuperação na produção siderúrgica global.

O minério de ferro na bolsa de Dalian já avançou quase 14% neste ano, ajudado por preocupações com a oferta à medida que a brasileira Vale luta para aumentar seu nível de produção em meio a restrições operacionais.

O vergalhão de aço na bolsa de Xangai avançou 3,3%.


Recomendado para você


Leia também

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame