Exame Invest
Mercados

Nadir Figueiredo pede registro para IPO e vai voltar à bolsa

PUBLICADO EM: 6.2.21 | 8H30
ATUALIZAÇÃO: 5.2.21 | 21H16
Fabricante do copo Americano e das marcas Duralex e Marinex quer usar os recursos da venda de ações novas para investir em crescimento orgânico e para aquisições
B3; Bolsa; Bovespa; Painel; Investimento; Ações

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

 A fabricante de utilidades domésticas de vidro Nadir Figueiredo pediu nesta sexta-feira aval para realizar uma oferta inicial de ações (IPO), preparando sua volta à bolsa quase um ano após ter fechado o capital.

Fundada em 1912 e tradicional fabricante do copo Americano e das marcas Duralex e Marinex, a Nadir Figueiredo informou no prospecto preliminar que teve receita líquida de 894,1 milhões de reais em 2020, alta de 12,7% em relação ao ano anterior. O Ebitda avançou 62,6%, para 273,6 milhões de reais.

"A demanda por produtos para venda ao consumidor final compensou o impacto sofrido pelo fechamento de bares hotéis e restaurantes", afirmou a companhia no documento.

A Nadir Figueiredo informou ainda que investiu na expansão de capacidade produtiva contratou serviço especializado para fortalecer sua presença em vendas online e ter braço próprio de comércio eletrônico.

A empresa diz no prospecto que usará os recursos da venda de ações novas para investir em crescimento orgânico e para aquisições.

O IPO, que será coordenado por BTG Pactual, Bank of America, Itaú BBA e Bradesco BBI, servirá também servirá para o FIP Kilauea vender uma participação no negócio. O fundo de private equity HIG Capital LLC controla a empresa desde julho de 2019.

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame