Exame Invest
MERCADOS

No radar: Bemobi estreia na B3, vendas do varejo e o que mais move o mercado

PUBLICADO EM: 10.2.21 | 7H03
ATUALIZAÇÃO: 10.2.21 | 8H35
Investidores dão continuidade ao rali, após pausa para realização de lucros; bolsa de Xangai sobe mais de 1% antes de feriadão de uma semana
Varejo; comércio

Loja: Mercado espera queda de 0,5% nas vendas do varejo de dezembro

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Esta reportagem faz parte da newsletter EXAME Desperta. Assine gratuitamente e receba todas as manhãs um resumo dos assuntos que serão notícia.

Depois de caírem na última sessão, interrompendo a sequência de seis altas seguidas, as principais bolsas internacionais voltam a subir nesta quarta-feira, 10. Otimismo pelo pacote de estímulo americano, queda de novos casos de coronavírus e resultados corporativos continuam embalando o movimento de alta. O principal destaque ficou com a bolsa de Xangai, que subiu 1,43% antes do feriado de Ano Novo Lunar, que irá interromper as negociações até quinta-feira da semana que vem, 18.

Conheça o maior banco de investimentos da América Latina e invista com os melhores assessores

No Brasil, investidores seguem atentos aos desdobramentos sobre o auxílio emergencial. Na última sessão, os temores de que o benefício fosse renovado sem uma contrapartida de corte de gastos pressionou os negócios na bolsa, com o Ibovespa encerrando em queda de 0,19% - a segunda consecutiva. 

Vendas no varejo

Por volta das 9h desta quarta, o IBGE irá divulgar as vendas do varejo de dezembro. A expectativa do mercado é de queda mensal de 0,5% e alta de 6% em relação ao mesmo período de 2019. O forte crescimento frente ao ano anterior é atribuído por economistas aos auxílios emergenciais. 

Bemobi

As ações do clube de aplicativos por assinatura Bemobi (BMOB3) estreiam nesta quarta na B3. Em oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), a companhia levantou 1,258 bilhão de reais, sendo apenas 13% destinado a antigos acionistas. A Bemobi espera utilizar parte do dinheiro para buscar consolidação do mercado e/ou sinergias nos segmentos de aplicativos de jogos, microfinanças e comunicação. 

Precificação da Oceanpact

Com a janela de IPOs aquecida, a empresa de serviços marinhos Oceanpact (OPCT3) deve definir o preço por ação de sua oferta nesta quarta. A faixa indicativa era de 11,15 reais e 13,85 reais. Na véspera, Cruzeiro do Sul (CSED3) e Westwing (WEST3) precificaram suas ações em 14 reais e 13 reais, respectivamente. Na oferta, a Cruzeiro do Sul levantou 1,232 bilhão de reais e a Westwing, 1,162 bilhão de reais.

Locaweb levanta R$ 2,7 bi

A oferta subsequente de ações (follow-on, em inglês) da Locaweb (LWSA3) saiu por 30 reais a ação, representando um desconto de 2,28% em relação ao preço do último fechamento. Com oferta de 91,8 milhões de ações, a companhia levantou 2,75 bilhões de reais na operação. Até agora, a oferta de ações foi a maior do ano, considerando IPOs e follow-ons.

Balanços

A temporada de resultados do quarto trimestre ganha força nesta quarta, com a divulgação dos balanços das duas principais empresas de papel e celulose do país: Suzano (SUZB3) e Klabin (KLBN11). Também apresentam resultados nesta quarta Totvs (TOTS3) e Banrisul (BRSR6).

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame