Exame Invest
Mercados

Número de clientes do Inter salta 94% e chega a 14 milhões no 3º tri

PUBLICADO EM: 4.10.21 | 9H22
ATUALIZAÇÃO: 4.10.21 | 12H31
Prévia operacional foi antecipada após especulações sobre previsões extras contra inadimplência, o que não se confirmou; GMV do marketplace em 12 meses atingiu R$ 3 bilhões
Entrada do prédio onde fica a sede do Banco Inter, em Belo Horizonte

Entrada do prédio onde fica a sede do Banco Inter, em Belo Horizonte | Foto: Inter/Divulgação

Imagem da Editoria Exame Invest
Da redação, com agências



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

O Inter (BIDI11/BIDI4) divulgou prévia operacional do terceiro trimestre de 2021 nesta segunda-feira, 4, mostrando um crescimento de 94,4% no número de clientes na comparação anual. O banco alcançou a marca de 14 milhões de clientes. Na comparação com o segundo trimestre, a expansão da base foi de 16%.

Os números revelam que o Inter mantém o crescimento acelerado nas principais verticais de negócios, embora em algumas esse ritmo esteja desacelerando.

A divulgação da prévia foi antecipada pelo Inter após o banco ter sido alvo de especulações de que faria uma provisão extra para perdas com inadimplência. Segundo o anúncio, o Inter manteve sua provisão para perdas com inadimplência em 2,5% da carteira de crédito ampliada. 

A originação de crédito chegou a 5,5 bilhões de reais no período de julho a setembro, com alta anual de 121% e trimestral de 15%.

Apesar dos números aparentemente positivos, as units do Inter (BIDI11) recuavam perto de 8% no começo da tarde, em uma sessão marcada por fortes perdas de empresas de tecnologia e bancos digitais em geral.

O volume bruto de mercadorias (GMV, na sigla em inglês) no Inter Shop, que é o marketplace da empresa, praticamente bateu 1 bilhão de reais no trimestre (o número exato foi de 946 milhões de reais), com crescimento de 151% na comparação anual. Em 12 meses, o volume atingiu 3 bilhões de reais.

O resultado financeiro completo será divulgado no dia 26 de outubro, depois do fechamento do mercado.

O volume transacionado em cartões saltou 124,7%, de 5,2 bilhões de reais no terceiro trimestre de 2020 para 11,6 bilhões de reais no mesmo intervalo este ano.

Já na frente de investimentos, o Inter Invest, o crescimento na base foi de 83% na comparação anual, chegando a 1,8 milhão de investidores. O número corresponde a cerca de 13% da base total de clientes do Inter.

Imagem da Editoria Exame Invest
Da redação, com agências


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame