Exame Invest
Mercados

Pessoa física ganha mais 12 ETFs para investir no exterior

PUBLICADO EM: 9.7.21 | 9H00
Número de BDRs de ETFs disponíveis para o público geral chega a 45; opções de investimento vão de México a Taiwan

Painel de cotações da B3 | Foto Germano Lüders/Exame

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

A partir da próxima segunda-feira, 12, a B3 irá disponibilizar mais 13 BDRs de ETFs para o público geral, sendo 12 atrelados ao mercado internacional. Com a maior oferta, os investidores passarão a poder investir em fundos de índices atrelados aos mercados de Hong Kong, Canadá, México, Taiwan, Coreia do Sul, Espanha, Suíça, Estados Unidos e outros setoriais, como de tecnologia e serviços financeiros.

Com a nova liberação, cresce para 45 (de um total de 65) o número de BDRs de ETFs disponíveis para o público geral na B3. Alguns BDRs de ETFs seguem destinados apenas a fundos e a investidores qualificados, pois ainda estão em processo de tradução de documentos relacionados aos ativos.

"BDRs de ETFs agregam um complemento às carteiras dos investidores, oferecendo exposição a setores variados, diversificação tanto geográfica quanto de moedas e setores, tornado assim a carteira do investidor de varejo mais robusta”, afirma Rogério Santana, diretor de Relacionamento da B3.

O universo de investidores que investem em BDRs de ETFs ainda é pequeno em relação aos mais de 3 milhões de CPFs cadastrados na bolsa. Segundo dados da B3, pouco mais de 7.000 investidores investiam nessa classe de ativo até o fim de maio. No entanto, com a maior oferta e acessibilidade, o número tem crescido a passos largos. Desde o início do ano, a quantidade de investidores já aumentou em 1.700%

Confira os BDRs de ETFs que serão disponibilizados para o público geral na segunda.

Esteja sempre informado sobre as notícias que movem o mercado. Assine a EXAME

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame