Exame Invest
Mercados

Porto Seguro compra 50% da ConectCar e reforça oferta de produtos

PUBLICADO EM: 25.6.21 | 21H29
ATUALIZAÇÃO: 25.6.21 | 21H44
Fatia pertencia ao Grupo Ultra, que dá continuidade ao plano de venda de ativos não-estratégicos; a outra metade da ConectCar é controlada pela Rede, do Itaú Unibanco
4 - Porto Cia

Porto Seguro faz aquisição de 50% da ConectCar | Foto: Porto Seguro/Divulgação

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

A Ultrapar (UGPA3) anunciou no fim da tarde desta sexta-feira, 25, a venda de sua participação de 50% na empresa de meios de pagamento eletrônico ConectCar para a Portoseg, unidade da Porto Seguro (PSSA3), por 165 milhões de reais. A ConectCar é uma das maiores empresas na operação e cobrança de pedágios e estacionamentos.

É a segunda venda de ativos da Ultrapar em pouco mais de um mês: o grupo industrial está se consolidando nos segmentos de distribuição de combustíveis e petróleo e gás, em que atua por meio da marca Ipiranga.

As ações da Porto Seguro recuaram 3,33% nesta sexta, enquanto as da Ultrapar caíram 1,81%. O Ibovespa teve queda de 1,74%.

A ConectCar, por sua vez, também passa por um momento de transição do modelo de negócios, para ir além dos pagamentos automáticos de pedágio e assim multiplicar a sua base de clientes. Com pagamentos em estacionamentos e drive-thrus e parcerias com locadoras de carros, bancos e montadoras, o número de clientes pode triplicar, segundo a empresa. O esforço já mostrava resultados em 2020: o número de clientes cresceu 60% naquele ano.

Em meados de maio, a Ultrapar anunciou a venda de sua rede de drogarias Extrafarma para a Pague Menos (PGMN3) por 700 milhões de reais. O grupo ainda negocia a venda de sua unidade Oxiteno, de produtos químicos.

Os outros 50% da ConectCar são detidos pela Rede, a empresa de meios de pagamento do Itaú Unibanco (ITUB4). O maior banco do país é também um dos principais acionistas do Porto Seguro, com cerca de 43% da PSIUPAR, que, por sua vez, detém 70,79% das ações ordinárias da seguradora.

Segundo a Ultrapar, em 2020 a ConectCar gerou um efeito negativo no Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) do grupo de 22 milhões de reais.

"Além de contribuir para um portfólio de negócios mais complementar e sinérgico, com benefícios adicionais de maior foco de gestão e rentabilidade da companhia, a venda da ConectCar também contribui para concentração de esforços e investimentos no Abastece Aí", afirmou a Ultrapar. A empresa se referiu a seu app e programa de fidelidade para clientes de sua rede de postos de combustíveis.

A Porto Seguro afirmou que a compra da fatia na ConectCar é oportunidade para introduzir a tag ConectCar aos seus mais de 5 milhões de segurados Auto. "A aquisição faz parte da estratégia de acelerarmos também o crescimento da base de clientes dos produtos financeiros", afirmou Marcos Loução, vice-presidente de produtos financeiros e serviços da Porto Seguro, no comunicado.

(Com a Reuters)

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame