Exame Invest
Mercados

‘Prévia do PIB’, GPA vende Extra Hiper, PDG e o que mais move o mercado

PUBLICADO EM: 15.10.21 | 7H11
ATUALIZAÇÃO: 15.10.21 | 7H13
Temporada de balanços sustenta apetite por risco no exterior em meio a otimismo com resultados

Extra Hiper é vendido por 5,2 bilhões de reais. Assaí assumirá bandeira | Foto: Divulgação

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

As bolsas internacionais sobem nesta sexta-feira, 15, dando continuidade à sequência positiva em meio a resultados corporativos melhores do que os esperados nos Estados Unidos. Após ter registrado a maior alta desde março no último pregão, o S&P 500 avança 0,3% no mercado de futuros junto com os índices Dow Jones e o Nasdaq. Na Europa, o Stoxx 600 avança no mesmo ritmo.

Na agenda de balanços, o mais aguardado do dia é o do Goldman Sachs, que irá apresentar seus números após fortes resultados de concorrentes como JP Morgan e Citigroup. 

Enquanto o desempenho apresentado pelo setor financeiro segue sustentando o bom humor de investidores, o mercado aguarda pelos dados de vendas do varejo americano. Previsto para às 9h30, o indicador deve revelar uma queda mensal de 0,2% em setembro, segundo o consenso de economistas. No núcleo das vendas, porém, é esperado um aumento de 0,5%. 

No Brasil, o principal dado será o índice de atividade econômica do Banco Central, o IBC-Br. Conhecido como “prévia mensal do PIB”, o IBC-Br anual deve cair de 5,53% para 4,90%, segundo projeções colhidas pela Bloomberg. 

Extra Hiper é do Assaí 

O GPA (PCAR3) fechou uma transação para ceder ao Assaí as lojas sob a bandeira Extra Hiper. A transação que envolve a conversão de 71 pontos operados pela GPA em cash & carry do Assaí envolveu 5,2 bilhões de reais, que serão pagos ao GPA. Desse total, 4 bilhões de reais deve ser pago de forma parcelada. 

“A transação representa uma oportunidade única de intensificar o foco e a aceleração da expansão dos negócios de maior rentabilidade por meio dos segmentos premium e de proximidade, notadamente com as bandeiras Pão de Açúcar, Minuto e Mercado Extra, além de reforçar a posição de liderança do GPA no varejo e e-commerce alimentar A bandeira Extra Hiper será descontinuada e as lojas não abarcadas pela Transação serão convertidas em formatos com maior potencial de rentabilidade”, disse Jorge Faiçal, CEO da GPA, em fato relevante. 

Belmiro Gomes, CEO do Assaí vê “uma importante aceleração da expansão combinada ao fortalecimento dos resultados através da conversão de lojas em pontos comerciais excepcionais”. Segundo ele, as lojas Extra Hiper “apresentaram rápida maturação de vendas e resultado superior à média da Companhia”.

PDG: ressurgindo das cinzas 

A construtora PDG (PDGR3) informou ter encerrado a recuperação judicial, iniciada ainda em 2017. Segundo a empresa, o processo permitiu a reestruturação de um passivo de mais de 5,3 bilhões de reais perante mais de 22.000 credores. 

“A recuperação judicial foi concluída com êxito, proporcionando às companhias a manutenção da normalidade operacional em bases sólidas, a superação da crise e condições para dar continuidade ao pagamento do saldo do passivo concursal e retomar o plano de crescimento”, afirma a empresa em fato relevante. 

Foto de Guilherme Guilherme da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Guilherme Guilherme

Repórter de mercado | guilherme.guilherme@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame