MERCADOS

Small caps disparam em maio; veja a carteira da EXAME Invest Pro

PUBLICADO EM: 1.6.21 | 10H04
Seleção de analistas da casa rende mais de 10% no mês e supera alta do índice

Índice Small Cap sobe 6,8% (Getty Images/iStockphoto)

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

O Índice Small Cap subiu 6,32%% em maio. Formado por empresas relativamente menores e mais dependentes da economia doméstica, o índice tem se favorecido com o maior otimismo sobre o PIB deste ano. No entanto, saber escolher as melhores small caps pode trazer ainda mais rentabilidade.

Em maio, a carteira de Small Caps da Exame Invest Pro obteve rentabilidade de 10,4%. Com a filosofia de adicionar ao portfólio somente empresas com menos de 5 bilhões de reais de valor de mercado, as escolhas da casa renderam 30% desde outubro do ano passado. 

A expectativa de analistas da Exame Invest Pro é de que continuação do bom momento das small caps, com a maior vacinação esperada para o resto do ano. 

Assine a Exame Invest Pro e tenha acesso à melhor carteira de small caps do mercado

No mês, a escolha da Santos Brasil (STBP3) foi a que rendeu o maior retorno à carteira, encerrando o período com alta de 27,2% impulsionada pela divulgação do resultado do primeiro trimestre. 

“O grande destaque foi a movimentação da Tecon Santos, com aumento de 22% no volume de contêineres na comparação anual”, comenta o analista Luís Fernando Mollo, em relatório. Com o porto de Santos crescendo apenas 16,8% a Santos Brasil ganhou 5,2% de participação de mercado.

A segunda ação que mais contribuiu para a carteira da Exame Invest Pro foi a da rede de ensino Anima (ANIM3), que fechou maio com alta de 16,5%. No mês, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica, o Cade, aprovou sem restrições a compra da Laureate Brasil pela empresa. Os ganhos de sinergia com a aquisição também foram revisados para cima, de 230 milhões de reais para 350 milhões de reais. 

Com posição de caixa considerada “confortável”, os analistas seguem com os papéis da Anima para o mês de junho. Com preço-alvo de 38 reais, a Exame Invest Pro vê um potencial de alta (upside) de 200% até o final do ano. 

Os maiores riscos para que a alta esperada não seja atingida, pontua Mollo, é a deterioração da economia atrapalhar a captação de novos estudantes e a estratégia de ensino à distância não ser bem executada. 

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame