Exame Invest
Mercados

Xiaomi dispara 5,4% após CEO confirmar carros elétricos para 2024

PUBLICADO EM: 19.10.21 | 8H31
Fabricante de smartphones pretende investir 10 bilhões de dólares em divisão automotiva da companhia

Logo da Xiaomi em smartphone | Foto: Mateusz Slodkowski/SOPA Images/LightRocket via Getty Images (SOPA Images/LightRocket via Gett)

Imagem da Editoria Exame Invest
Da redação, com agências



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

As ações da fabricante de smartphones Xiaomi fecharam em alta de 5,39% na bolsa de Hong Kong nesta terça-feira, 19, após seu CEO, Lei Jun, afirmar que a companhia irá produzir carros elétricos em massa a partir de 2024.

Os planos, segundo a Reuters, foram apresentados em evento a investidores. As intenções da companhia de entrar no ramo automotivo, no entanto, já eram conhecidas do mercado, tendo em vista que a divisão de carros elétricos havia sido anunciada no início deste ano. A questão era quando os planos iriam se concretizar.

Em março, a empresa informou que iria investir 10 bilhões de dólares em sua divisão de carros elétricos pelos próximos dez anos. Mas ainda está em aberto se Xiaomi terá ou não parceiros para a construção de seus carros.

Além da Xiaomi, outra gigante da tecnologia que pretende ter sua própria linha de veículos é a Apple. No início do ano, a empresa de Tim Cook chegou a sondar um acordo com a Hyundai, mas não saiu do papel. Ainda que o assunto venha sendo tratado com certo mistério por executivos da companhia, as estimativas são de que a produção dos carros da Apple também inicie em 2024.

Imagem da Editoria Exame Invest
Da redação, com agências


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame