Exame Invest
Mercados

10 notícias para lidar com os mercados nesta quinta-feira

PUBLICADO EM: 5.5.11 | 9H32
Bolsas e commodities caem, enquanto euro reage a dados da Alemanha. Investidores permanecem à espera da decisão do BCE. Moody’s pode elevar rating do Brasil neste mês
Pregão da BM%26FBovespa

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 4MIN

São Paulo - Aqui está o que você precisa saber:

1 – Agenda: Tombini fala na Câmara, Vale divulga balanço. Em dia sem divulgação de indicadores econômicos no Brasil, o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, fala nesta quinta-feira (5) em audiência na Câmara dos Deputados e a Vale divulga seu balanço após o fechamento do mercado. Na Europa, o Banco Central Europeu (BCE) define a taxa básica de juros da zona do euro. Nos Estados Unidos, o presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke, discursa em Chicago pela manhã.

Temporada de resultados: No calendário corporativo brasileiro, a Gerdau divulga os números trimestrais antes da abertura do pregão. Vale, Lojas Americanas e B2W anunciam os balanços após o fechamento dos mercados. Nos EUA, Kraft Foods, Visa, General Motors, AIG e Sara Lee apresentam seus dados. Na Europa, Swiss Reisurance, Societe Generale, Rhodia, Adidas, ING Groep, Lufthansa, Iberdrola, EDP e Telecom Italia informam seus números.

2 – Mercados: bolsas e commodities caem; euro à espera de BCE. O euro reage a dados divulgados na Alemanha enquanto espera que o BCE sinalize futuras elevações de juros na reunião de hoje. Moedas asiáticas e o dólar australiano recuam. Commodities como o cobre e o petróleo caem com receio de desaceleração da demanda na China e Estados Unidos.

3 – Moody’s deve elevar rating do Brasil neste mês ou no próximo, diz jornal. Segundo o analista responsável pelo rating do Brasil, o mexicano Mauro Leos, a agência agora tem elementos suficientes para avaliar os rumos da economia brasileira nos próximos dois ou três anos, informa reportagem do Valor Econômico. A alternativa a uma alta no rating, segundo ele, seria rebaixar a perspectiva da nota, hoje positiva, para estável. A perspectiva positiva de um rating sinaliza que a tendência maior é de elevação.

4 – Wall Street perde para brasileiros em banco de investimento. As instituições estrangeiras estão buscando ampliar seus ganhos com comissões de banco de investimento no Brasil. Apesar de os negócios estarem crescendo para a maioria das instituições, os estrangeiros enfrentam forte concorrência dos bancos brasileiros com maior capacidade para financiar operações, melhor relacionamento com os investidores, executivos experientes e uma habilidade para prestar serviços que antes apenas os grandes bancos globais ofereciam.

5 – Onde Warren Buffett investe e não investe dinheiro. Para o bilionário Warren Buffett, a euforia com a subida do ouro não justifica a entrada do ativo no portfólio de nenhum investidor. As ações de bancos devem perder apelo nos próximos anos e a poupança em títulos públicos deve ser entendida como um colchão de liquidez.

6 – Eike Batista planeja listar ações de todo o Grupo EBX em Londres. O bilionário brasileiro Eike Batista, proprietário da holding EBX, reiterou nesta quarta-feira (4) que planeja lançar ações da OGX Petróleo e Gás Participações (OGXP3) na Bolsa de Londres, e afirmou que as demais companhias do grupo (MMX, LLX, OSX e MPX) serão as próximas, durante entrevista concedida à rede de TV americana CNBC.

7 – FMI aprova empréstimo de 26 bilhões de euros para Portugal. O Fundo Monetário Internacional (FMI) assinou um acordo técnico para emprestar 26 bilhões de euros a Portugal, segundo um comunicado. O empréstimo é parte de um acordo de resgate de 78 bilhões de euros firmado entre o país, a Comissão Europeia, o Banco Central Europeu (BCE) e o FMI. O restante da quantia será concedido pela União Europeia.

8 – Banco Central da Inglaterra mantém taxa de juros em 0,50%. O Banco Central da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) manteve a taxa básica de juros em 0,50% nesta quinta-feira, medida amplamente esperada após uma série de dados fracos, que geraram dúvida sobre a recuperação econômica da Grã-Bretanha.

9 – Lucro da Cielo cai 3,5% para R$ 424,7 milhões no 1º trimestre. A Cielo, empresa que credencia estabelecimentos comerciais para bandeiras de cartões, anuncia lucro líquido de 424,7 milhões de reais no primeiro trimestre de 2011, uma queda de 3,5% sobre os 443,3 milhões de reais do mesmo intervalo de 2010. A companhia teve hoje sua recomendação elevada de underperform (performance abaixo da média do mercado) para market perform (desempenho igual a média do mercado) pelo analista do Credit Suisse, Marcelo Telles, segundo relatório obtido pela Bloomberg. O preço-alvo para cada ação é de 13 reais.

10 – BM&FBovespa aplica multa recorde de R$ 1,03 milhão à Intra. A BM&FBovespa Supervisão de Mercados (BSM), órgão de fiscalização da bolsa, aplicou multa recorde de 1,026 milhão de reais à Intra Corretora por uma série de irregularidades cometidas entre janeiro de 2007 e fevereiro de 2008, informa reportagem do Valor Econômico. Esse valor corresponde a duas vezes o que a Intra ganhou com a cobrança de corretagem pela execução das operações irregulares. Luiz Giuntini Filho, ex-diretor da corretora, foi multado em 100 mil reais.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame