Exame Invest
Mercados

10 notícias para lidar com os mercados nesta segunda-feira

PUBLICADO EM: 4.9.12 | 13H31
Pesquisas sinalizam crescimento chinês fraco no 3º trimestre; Focus prevê crescimento do PIB em 1,64%
EXAME.com

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 4MIN

São Paulo - Aqui está o que você precisa saber. 

1- Pesquisas da China sinalizam crescimento fraco no 3º tri. O vasto setor industrial da China tem sido bastante afetado pela desaceleração de novas encomendas, mostraram duas pesquisas complementares, um sinal de que o ritmo de crescimento na segunda maior economia do mundo vai enfraquecer também no terceiro trimestre.A leitura final do Índice de Gerentes de Compras (PMI) da indústria da China para agosto caiu para 47,6 em dados ajustados sazonalmente, menor nível desde março de 2009. 

2- Contração da indústria europeia é mais rápida que esperado. O setor industrial da zona do euro contraiu-se mais rápido do que o esperado no mês passado, apesar das indústrias terem reduzido preços, uma vez que países centrais não conseguiram dar nenhum suporte, mostrou nesta segunda-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI). 

3- Focus: previsão de crescimento do PIB cai para 1,64%. O relatório Focus, que mede as expectativas do mercado, reduziu novamente sua projeção de crescimento do PIB em 2012 - agora para 1,64%. Na última semana a previsão de crescimento era de 1,73%. Os analistas mantiveram a expectativa de que a Selic encerrará o ano em 7,25%. 

4- Para diretor do FEEF, crise do euro vai durar mais dois anos. O diretor do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF), o alemão Klaus Regling, afirma estar convencido de que a crise na Eurozona pode ser solucionada em um ou dois anos, se os países respeitarem seus compromissos orçamentários. As declarações foram dadas à revista alemã Der Spiegel.

5- PIB da China deve crescer 7,5% a 8%, diz pesquisador. A economia chinesa está se estabilizando e o Produto Interno Bruto (PIB) deve crescer entre 7,5% e 8% neste ano, disse neste domingo Zhang Liqun, pesquisador afiliado ao Conselho de Estado da China. Segundo ele, os dois últimos cortes da taxa de juros e as políticas de crédito diferenciado ajudaram a sustentar a demanda no mercado imobiliário.


6- Alto endividamento da GOL levanta apostas em venda de ativos. O endividamento de US$ 1,6 bilhão da GOL Linhas Aéreas Inteligentes SA, o maior entre as grandes empresas aéreas do mundo em relação ao lucro, tem esquentado apostas de que a empresa venderá ativos para levantar recursos ou se juntará a outra companhia aérea. 

7- OCDE pede a BCE que retome compra de títulos. O presidente da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), Angel Gurria, fez um apelo ao Banco Central Europeu (BCE) neste domingo para que a instituição ofereça um sinal crível aos mercados e retome a compra de títulos para ajudar a Itália e a Espanha o mais rápido possível.

8- Para Espanha, BCE "atuará em consequência" da crise. O ministro espanhol da Economia, Luis de Guindos, afirmou nesta segunda-feira que o Banco Central Europeu (BCE) - que tem uma reunião muito esperada na quinta-feira - "atuará em consequência" diante da crise do euro, reafirmando o compromisso da Espanha de reduzir o déficit. As expectativas despertadas pela reunião de quinta-feira são enormes. Muitos esperam que o presidente do BCE, Mario Draghi, revele as linhas de um novo plano de compra de títulos públicos, criticado na Alemanha, para ajudar a zona do euro.

9- Bolsas da Ásia têm alta com expectativas sobre China. Os mercados asiáticos iniciaram a semana e o mês em alta. Nesta segunda-feira, as bolsas da região ficaram no campo positivo por causa das crescentes expectativas de que Pequim irá introduzir novas medidas de estímulo, após o setor de manufatura chinês (PMI oficial e PMI HSBC) mostrar sinais adicionais de deterioração em agosto. Os investidores também esperam possíveis medidas de estímulo na economia norte-americana.

10- Campeões nas projeções dizem que corte da Selic não acabou. Os campeões em acertos de previsões estão dizendo que o Banco Central vai cortar a taxa básica de juros mais uma vez neste ano, uma aposta que os operadores deixaram de lado à medida que a economia passou a dar sinais de retomada.

Bônus - Eike tem novo braço direito na EBX, diz colunista de Veja. O empresário Eike Batista tem um novo braço direito na EBX. O seu nome é Aziz Ben Ammar, administrador e cientista da computação tunisiano que foi trazido pelo bilionário para assessorá-lo em novos projetos. A informação foi publicada pelo jornalista Lauro Jardim, na revista Veja desta semana. De acordo com o texto, Anmmar tenta captar dinheiro no Oriente Médio e no Leste Europeu para formar um fundo com objetivo de comprar fatias em empresas e até fazer uma oferta pelo SBT. 

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame