10 notícias para lidar com os mercados nesta terça-feira | Exame Invest
Exame Invest
MERCADOS

10 notícias para lidar com os mercados nesta terça-feira

PUBLICADO EM: 27.11.12 | 8H12
Petrobras vende bloco em Santos para OGX por US$270 mi; HRT cede à Galp Energia participações na Namíbia
Plataforma da Petrobras no Campo de Tupi, na Bacia de Santos.

A transação entre a Petrobras e a OGX ainda precisa ser aprovada pela ANP

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 4MIN

São Paulo - Aqui está o que você precisa saber.

1- Petrobras vende bloco em Santos para OGX por US$270 mi. A Petrobras vendeu participação de 40 por cento na concessão BS-4, na bacia da Santos, para a OGX, anunciaram as companhias nesta segunda-feira. O valor da venda para a empresa de petróleo do empresário Eike Batista foi de 270 milhões de dólares, e inclui os campos de Atlanta e Oliva. "Essa é a primeira alienação de um ativo da Companhia no âmbito do programa de desinvestimento...", disse a Petrobras em comunicado. 

2- HRT cede à Galp Energia participações na Namíbia. A HRT Participações em Petróleo anunciou na noite desta segunda-feira a celebração de contrato de farm-out com a Galp Energia, para a cessão de 14% de participação sobre os direitos exploratórios em três licenças exploratórias de petróleo (PELs) no offshore da Namíbia. As licenças estão localizadas na Bacia de Walvis (PEL 23) e na Bacia do Orange (PELs 24 e 28). A HRT continuará como operadora dessas licenças e dará início à campanha de perfuração no primeiro trimestre do ano que vem. 

3- Corte da dívida grega a 124% do PIB em 2020 é acertado. Os ministros da zona do euro e o Fundo Monetário Internacional (FMI) entraram em acordo nesta segunda-feira sobre uma nova meta para a dívida da Grécia, em um avanço para liberar uma parcela urgente de empréstimos para a combalida economia grega, disseram autoridades. Depois de quase 10 horas de conversas na terceira reunião sobre o tema em algumas semanas, os credores internacionais concordaram em reduzir a dívida grega em 40 bilhões de euros, para 124 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020 por meio de um pacote extra de medidas. 

4- Cemig insiste em renovação automática para 3 usinas. Embora o governo esperasse que a Cemig pedisse a reabertura do prazo para apresentar o pedido para renovar antecipadamente as concessões de três de suas usinas, a companhia insiste que têm direito a uma prorrogação automática das concessões de São Simão, Jaguara e Miranda por mais 20 anos ao fim dos contratos, entre 2015 e 2017. O governo manteve sua posição, segundo a qual essa reivindicação alteraria a estrutura da Medida Provisória 579. Por essa razão, a solicitação foi rejeitada, e os prazos da MP estão mantidos. 

5- Ações asiáticas sobem após acordo sobre a Grécia. As ações asiáticas avançaram pela sétima sessão seguida nesta terça-feira, ao passo que os credores globais chegaram a um acordo sobre as novas metas de dívida para a Grécia e um acordo político sobre o desembolso da próxima parcela de ajuda ao país. 


6- Na última reunião do ano, Copom deve manter Selic em 7,25%. O Comitê de Política Monetária (Copom) inicia hoje (27) à tarde a última reunião do ano do colegiado de diretores do Banco Central (BC) para avaliar o desempenho dos principais indicadores macroeconômicos nos últimos 45 dias, no Brasil e no exterior. A avaliação pode determinar uma correção de rumo na taxa básica de juros (Selic). 

7- Por que os gringos estão saindo da bolsa? Os investidores estrangeiros estão de saída da bolsa brasileira. É verdade que a participação percentual deles está crescendo, mas o volume financeiro não é mais como outrora. A saída de 3,1 bilhões de dólares pode fazer com que 2012 feche a conta no negativo.Seria o segundo ano consecutivo de saídas, fato que só foi visto entre 2007 e 2008, auge da crise mundial. Naqueles anos de terror financeiro aproximadamente 30 bilhões de dólares voltaram para os colchões de quem precisava pagar as contas fora daqui. 

8- Economia britânica cresce 1% com ajuda da Olimpíada. A economia britânica cresceu 1 por cento no terceiro trimestre, conforme estimado originalmente, mostraram dados nesta terça-feira, mas essa força não deva se sustentar. Os dados, confirmando que a Grã-Bretanha saiu da recessão, darão força ao ministro das Finanças, George Osborne, uma semana antes de ele apresentar seu comunicado sobre o orçamento semestral.

9- Atuação do BC no câmbio causa fim da queda de título em real. Os títulos do governo emitidos em reais no exterior estão a caminho de uma recuperação após o Banco Central ter atuado para tirar a moeda brasileira da menor cotação em três anos. A entrada do BC no mercado conteve as especulações de que o governo deixaria o dólar subir ainda mais, de acordo com o Citigroup Inc. e o Itaú Asset Management.

10- Principal corte da UE considera fundo de resgate legítima. A mais alta corte da União Europeia concluiu nesta terça-feira que o fundo de resgate permanente da zona do euro, o Mecanismo Europeu de Estabilização Financeira (ESM), está em linha com a lei europeia, apesar da objeção de um legislador irlandês. A corte avaliava uma questão apresentada pela Alta Corte Irlandesa sobre a compatibilidade do ESM com a lei da UE.

Com Agência Brasil, Bloomberg, Estadão Conteúdo, Reuters.


Leia também

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame