MERCADOS

Acionista da Fibria terá recesso até finalização com Suzano

PUBLICADO EM: 20.3.18 | 20H55
ATUALIZAÇÃO: 6.7.20 | 14H53
Os acionistas que quiserem exercer o direito de recesso terão 30 dias contados a partir da data de publicação da ata da AGE que aprovar a operação
Fibria fica em oitavo lugar

Fibria: empresa esclarece que os acionistas que votarem contra ou se abstiverem em relação à fusão com a Suzano terão direito de recesso

Imagem da Editoria Exame Invest
Estadão Conteúdo



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

São Paulo - A Fibria, em resposta a ofício enviado pela B3, esclarece que os acionistas que votarem contra ou se abstiverem em relação à fusão com a Suzano terão direito de recesso desde a assinatura do protocolo da operação entre as companhias até a consumação final.

A assinatura do protocolo se dará na data da primeira publicação do edital de convocação da Assembleia Geral Extraordinária (AGE), ou na data de divulgação de fato relevante objeto da deliberação. Os acionistas que quiserem exercer o direito de recesso terão 30 dias contados a partir da data de publicação da ata da AGE que aprovar a operação.

Imagem da Editoria Exame Invest
Estadão Conteúdo


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame