Ações da Hutchison têm maior queda em 2,5 anos após venda | Exame Invest
Exame Invest
MERCADOS

Ações da Hutchison têm maior queda em 2,5 anos após venda

PUBLICADO EM: 24.3.14 | 9H51
Papel viu sua maior queda em 2 anos e meio depois que a Temasek concordou na sexta-feira em comprar pouco menos de um quarto da varejista A.S. Watson
Watson

Watson: ações da Hutchison encerraram em baixa de 5,05 por cento nesta segunda-feira

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Hong Kong - As ações da Hutchison Whampoa chegaram a cair até 6 por cento nesta segunda-feira após um acordo de 5,7 bilhões de dólares para vendar uma fatia de sua varejista de saúde e cosméticos à investidora estatal de Cingapura Temasek decepcionar investidores que esperavam uma precificação maior.

O papel viu sua maior queda em 2 anos e meio no primeiro pregão depois que a Temasek concordou na sexta-feira em comprar pouco menos de um quarto da varejista A.S. Watson em um acordo que colocou o valor da companhia em 22,8 bilhões de dólares.

Operadores disseram que acionistas acreditavam que o valor de mercado da A.S. Watson poderia ter sido maior, por volta de 29 bilhões de dólares, caso o proprietário da Hutchison Li Ka-shing, o homem mais rico da Ásia, tivesse mantido seus planos de vender uma participação por meio de uma oferta pública inicial de ações este ano.

As ações da Hutchison encerraram em baixa de 5,05 por cento nesta segunda-feira.

O negócio da A.S. Watson inclui lojas de cuidados pessoais que dominam o setor de saúde e cosméticos na China, um setor que tem previsão de crescer cerca de 40 por cento, para 186 bilhões de dólares, até 2015.


Leia também

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame