Ações fecham em alta por promessas de estímulo de BCs | Exame Invest
Exame Invest
MERCADOS

Ações fecham em alta por promessas de estímulo de BCs

PUBLICADO EM: 4.7.13 | 15H21
O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 2,44%, para 1.178 pontos, maior alta desde abril
Bolsa de Madri

Bolsa de Madri: em Madri, o índice Ibex-35 progrediu 3,07 %, a 8.002 pontos.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

As ações europeias registraram o maior salto diário em 10 semanas nesta quinta-feira, depois que os bancos centrais britânico e da zona do euro sinalizaram que, diferentemente dos Estados Unidos, não têm pressa para reduzir o estímulo.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 2,44 %, para 1.178 pontos, maior alta desde abril.

O Banco da Inglaterra, sob comando de Mark Carney, surpreendeu os mercados emitindo uma declaração em que afirmou que investidores tem sido muito rápidos em precificar futuros aumentos nas taxas de juros.

Menos de duas horas antes, o presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, disse que suas taxas não serão apenas mantidas baixas mas poderão ser reduzidas ainda mais, enquanto o fim dos estímulos está muito distante.

Os comentários tranquilizaram os mercados acionários assustados nas últimas semanas pelos sinais de que o banco central dos Estados Unidos estaria próximo de uma redução de estímulos.

"Este é claramente outro feito em favor das ações europeias em relação às ações norte-americanas", disse o estrategista sênior de ações do ING Investment Management, Patrick Mooney.

"Nós deixamos de lado o subvalorizado (das ações europeias) alguns dias atrás e o próximo passo é deixar a Europa sobrevalorizada contra os Estados Unidos, de acordo com os indicadores econônimos e política monetária relativos".


Em Londres, o índice Financial Times avançou 3,08 %, a 6.421 pontos.

Em Frankfurt, o índice DAX subiu 2,11 %, para 7.994 pontos.

Em Paris, o índice CAC-40 teve alta de 2,9 %, a 3.809 pontos.

Em Milão, o índice Ftse/Mib ganhou 3,44 %, para 15.808 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 progrediu 3,07 %, a 8.002 pontos.

Em Lisboa, o índice PSI20 valorizou-se 3,73 %, para 5.431 pontos.


Leia também

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame