Exame Invest
Mercados

Ações europeias têm mínima em 6 semanas com temor de contágio

PUBLICADO EM: 17.11.11 | 14H41
Londres - As bolsas de valores da Europa encerraram a quinta-feira no menor patamar em seis semanas, em meio a preocupações de que a crise de dívida da região saia de controle, depois de Espanha e França pagarem altos rendimentos nos leilões de seus bônus. O índice de ações da região fechou em queda de […]
EXAME.com

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Londres - As bolsas de valores da Europa encerraram a quinta-feira no menor patamar em seis semanas, em meio a preocupações de que a crise de dívida da região saia de controle, depois de Espanha e França pagarem altos rendimentos nos leilões de seus bônus.

O índice de ações da região fechou em queda de 1,34 por cento, a 957 pontos.

França e Espanha viram seus custos de financiamento subir nos leilões de dívida nesta manhã, refletindo as crescentes incertezas sobre as finanças públicas dos países e a insatisfação com a resposta das autoridades à crise.

"O mercado ainda está preocupado sobre a implementação de todas as medidas (de austeridade e contra a crise), que não são detalhadas o suficiente para ser críveis", disse o estrategista do JPMorgan-Cazenove, Emmanuel Cau.

O setor bancário foi o mais abatido, com quedas acima de 2 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 1,56 por cento, a 5.423 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX recuou 1,07 por cento, para 5.850 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 declinou 1,78 por cento, para 3.010 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib encerrou em baixa de 1,43 por cento, a 15.198 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou desvalorização de 0,4 por cento, para 8.270 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 teve queda de 0,81 por cento, para 5.440 pontos.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame