Exame Invest
Mercados

As cinco melhores ações da Bolsa, segundo o Itaú BBA

PUBLICADO EM: 28.9.17 | 16H02
Todos os papéis tiveram recomendação de outperform, ou seja, com desempenho acima da média do mercado
troféu

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

São Paulo - As ações da Lojas Americanas, Vale, Minerva, MRV e Petrobras são as cinco ações favoritas do Itaú BBA para o mês de outubro.

A carteira é composta por cinco recomendações e sugere uma alocação de igual porcentagem entre elas. Todos os papéis tiveram recomendação de outperform, ou seja, com desempenho acima da média do mercado.

A equipe de analistas do banco trocou as ações do Pão de Açúcar e da Cosan pelos papéis da Lojas Americanas e Vale.

Sobre a Lojas Americanas, o relatório afirma que a companhia é um bom veículo para explorar o setor varejista e o ciclo de juros baixos no Brasil.

O banco destaca que a recuperação gradual do consumo no país, somada a queda nas taxas de juros, deve contribuir para uma melhor perspectiva para a empresa entregar a sua meta de aberturas de lojas.

“Entendemos que os investidores que compram Lojas Americanas estão buscando obter exposição a um varejista brasileiro único, com mil lojas, e uma tendência consistente de expansão de receita.”

Em relação a Vale, os analistas se mostram otimistas devido as perspectivas de bons resultados para o terceiro trimestre de 2017, que será guiado pelo preço mais alto do minério de ferro.

“No último evento promovido pela empresa em Carajás, a companhia reforçou seu discurso de redução de custos. Outro ponto de destaque foi que o capex pode ser menor que  3 bilhões de dólares nos próximos anos”, afirma a equipe econômica por meio de relatório.

Outro ponto positivo da Vale é a meta da mineradora em reduzir dívida líquida para o patamar de um dígito até 2018.

Mais três

A carteira ainda é composta pelas ações da Minerva, MRV e Petrobras.

No caso da Minerva, o Itaú BBA afirma que a companhia está negociando com um atrativo múltiplo de 4,9x EV/EBITDA 2018.

Para os analistas, a redução nos custos do gado e a recuperação das exportações após os fracos números de abril podem impulsionar uma recuperação nos resultados e gerar uma reação positiva do preço da ação.

Sobre a MRV, o banco afirma que a companhia tem potencial para melhorar a rentabilidade,  combinando boa dinâmica de demanda que ainda é favorável no programa habitacional Minha Casa, Minha Vida.

Já sobre a Petrobras, os analistas se mostram confiantes na recuperação operacional da estatal e na sua perspectiva de redução da alavancagem.

Confira abaixo o valor justo das ações e seu potencial de valorização.

EmpresaAçãoRecomendaçãoPreço atualValor justoPotencial de valorização
MinervaBEEF3OutperfomR$ 11,40R$ 16,0040,80%
Lojas AmericanasLAME4OutperfomR$ 18,60R$ 21,0013,10%
MRVMRVE3OutperfomR$ 13,60R$ 18,5035,80%
PetrobrasPETR4OutperfomR$ 15,30R$ 18,5021,00%
ValeVALE3OutperfomR$ 32,00R$ 41,0028,20%

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame