Exame Invest
Mercados

BB sobe 5% na Bolsa com anúncio de plano de restruturação

PUBLICADO EM: 21.11.16 | 10H46
O banco anunciou que fechará 402 agências em todo o País e que incentivará a aposentadoria antecipada de até 18 mil empregados
Banco do Brasil

O enxugamento da estrutura deve gerar uma economia anual de 750 milhões de reais

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

São Paulo - As ações ordinárias do Banco do Brasil abriram o pregão em alta de 5,56% na manhã desta segunda-feira. O mercado repercute a reorganização institucional anunciado pelo banco.

Segundo o fato relevante, o BB fechará 402 agências em todo o País e transformará outras 379 em postos de atendimento ao longo de 2017.

O enxugamento da estrutura deve gerar uma economia anual de 750 milhões de reais, sendo 450 milhões de reais decorrentes da nova estrutura organizacional e 300 milhões de reais da redução de gastos com transporte de valores, segurança, locação e condomínios, manutenção de imóveis, entre outras.

O BB também anunciou que oferecerá um plano de incentivos para até 18 mil empregados aposentarem-se antecipadamente. Os servidores que aderirem ao plano receberão 12 salários mais indenização pelo tempo de serviço, que vai de um a três salários.

Além disso, será ampliada o número de funcionários com jornada de seis horas de trabalho. A expectativa é que seis mil funcionários gradativamente troquem a jornada de oito para a de seis horas. Após essa mudança, somente os cargos gerenciais ficarão com jornada de oito horas.

O BB conta atualmente com 109.159 funcionários. Tanto o plano de aposentadoria como a redução de jornada são voluntários.

No ano, as ações do Banco do Brasil acumulam ganhos de 93% na Bolsa.

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame