Exame Invest
Mercados

Bolsa de Tóquio cai 1,3%, arrastada por Olympus

PUBLICADO EM: 8.11.11 | 6H26
A Olympus assumiu o centro do palco desde a abertura dos negócios. Queda da empresa foi de até 29%
Câmera digital da Olympus

Ação chegou ao seu preço mais baixo desde 1995

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Tóquio - Uma forte queda nas ações da fabricante de máquinas fotográficas Olympus se refletiu em toda a Bolsa de Tóquio, que fechou em baixa, afetada também pelas perspectivas sombrias divulgadas por empresas do setor de chips de memória. O índice Nikkei 225 perdeu 111,58 pontos, ou 1,3%, e fechou aos 8.655,51 pontos.

A Olympus assumiu o centro do palco desde a abertura dos negócios e foi de longe o maior peso negativo sobre o Nikkei depois de anunciar que um comitê externo designado para investigar compras passadas descobriu o uso de vários fundos para esconder prejuízos com essas aquisições.

As ações caíram rapidamente para o nível mais baixo do pregão depois de terem passado a primeira parte da sessão apenas em oferta. O volume de negócios com a ação subiu dramaticamente após a companhia anunciar a demissão do seu vice-presidente, Hisashi Mori. O papel fechou em queda de 29%, depois de chegar ao seu preço mais baixo desde 1995. Desde 13 de outubro, a desvalorização acumulada já chega a 70%. As informações são da Dow Jones

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame