MERCADOS

Bolsa de Tóquio sobe 1,6% com notícia sobre FMI e iene

PUBLICADO EM: 28.11.11 | 5H23
Pesou a favor o desempenho acentuadamente acima do mercado das exportadoras Toyota Motor e Honda Motor
Honda

Honda se destacou no pregão japonês

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Tóquio - As ações na Bolsa de Tóquio fecharam em alta nesta segunda-feira com a esperança de uma ajuda do Fundo Monetário Internacional (FMI) à Itália bem como com uma refreada no iene, mas consolidou seus ganhos mesmo depois de a reportagem sobre a ajuda do FMI aos italianos ter sido desmentida. Pesou a favor o desempenho acentuadamente acima do mercado das exportadoras Toyota Motor e Honda Motor.

O índice Nikkei subiu 1,6%, em 8.287,49 pontos, após queda de 0,1% na sexta-feira. Este foi o maior ganho porcentual para o índice de referência desde 4 de novembro, e quebrou uma sequência de cinco dias de quedas. O volume negociado continuou anêmico.

O índice Nikkei saltou na abertura após a reportagem do jornal italiano "La Stampa", que dizia que o FMI poderia oferecer à Itália uma ajuda financeira entre 400 bilhões de euros e 600 bilhões de euros para dar ao premiê italiano Mario Monti uma janela de 12 a 18 meses a fim de implementar reformas que restaurariam a confiança dos mercados na capacidade de o país pagar suas dívidas. "Além disso, o bom volume de vendas obtido com a 'Black Friday' nos EUA ajudou a elevar o índice inicial", disse Hideyuki Ishiguro, supervisor de estratégia de investimento da Okasan Securities. As informações são da Dow Jones.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame