MERCADOS

BOLSA EUA-Mercado recua por medidas da China; tecnológicas sobem

PUBLICADO EM: 19.11.10 | 13H21
Por Ryan Vlastelica NOVA YORK, 19 de novembro (Reuters) - As bolsas de valores dos Estados Unidos operavam em baixa nesta sexta-feira, após o banco central da China atuar novamente para combater a inflação, embora resultados positivos de companhias tecnológicas limitassem as perdas. A China elevou o depósito compulsório dos bancos pela segunda vez em […]
EXAME.com

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Por Ryan Vlastelica

NOVA YORK, 19 de novembro (Reuters) - As bolsas de valores
dos Estados Unidos operavam em baixa nesta sexta-feira, após o
banco central da China atuar novamente para combater a
inflação, embora resultados positivos de companhias
tecnológicas limitassem as perdas.

A China elevou o depósito compulsório dos bancos pela
segunda vez em duas semanas, intensificando o combate à alta
dos preços numa medida que pode abrandar o crescimento
econômico do país.

"As commodities estão vendo uma pressão elevada das
notícias da China, porque qualquer tentativa de apertar sua
política vai prejudicar a capacidade de crescer (da China)",
disse Michael McGervey, presidente da McGervey Wealth
Management em North Canton, Ohio.

Preocupações sobre os efeitos da inflação chinesa e os
problemas de dívida da Europa pressionaram as bolsas nas
últimas semanas. A possível resolução da crise de dívida da
Irlanda gerou amplos ganhos na quinta-feira.

Os fututos do petróleo caíam 1,2 por cento, enquanto
o setor de energia do S&P recuava 1 por cento.

Tanto as ações da Dell quanto as da Marvell
Technologies operavam em alta. O lucro trimestral da
Dell superou as estimativas e a fabricante de computadores
elevou a previsão de lucro na noite de quinta-feira. A Marvell
também superou expectativas de lucro.

A Marvell tinha o maior ganho percentual do Nasdaq 100,
avançando 4,4 por cento, para 19,76 dólares, enquanto a Dell
subia 2,5 por cento, para 14 dólares.

Às 14h20 (horário de Brasília), o índice Dow Jones ,
referência da bolsa de Nova York, caía 0,19 por cento, para
11.160 pontos. O índice Standard & Poor's 500 recuava
0,23 por cento, a 1.193 pontos.

O termômetro de tecnologia Nasdaq perdia 0,23 por
cento, para 2.508 pontos.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame