Exame Invest
MERCADOS

BOLSA EUROPA-Ações caem por temor de aumento das taxas pelo BCE

PUBLICADO EM: 13.1.11 | 15H17
LONDRES, 13 de janeiro (Reuters) - O mercado de ações europeu recuou nesta quinta-feira, recuando d pico de 28 meses atingido na sessão anterior, devido ao temor de que as pressões de inflação na zona do euro levem a um aumento nas taxas de juros. O setor de mineração liderou as perdas após a divulgação […]
EXAME.com

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

LONDRES, 13 de janeiro (Reuters) - O mercado de ações
europeu recuou nesta quinta-feira, recuando d pico de 28 meses
atingido na sessão anterior, devido ao temor de que as pressões
de inflação na zona do euro levem a um aumento nas taxas de
juros. O setor de mineração liderou as perdas após a divulgação
de projeções pessimistas para a demanda por cobre na China.

O índice FTSEurofirst 300 , que mede as principais
ações da Europa, encerrou em queda de 0,57 por cento, a 1.156
pontos, após saltar 1,5 por cento na quarta-feira.

"O mercado caiu após os comentários do Trichet sobre as
pressões de alta da inflação, que talvez tenha surpreendido
alguns operadores", disse Koen De Leus, estrategista da KBC
Securities Bolero.

"Estamos antecipando agora um aumento na taxa básica de
juros nos últimos trimestres de 2011. O mercado está aguardando
para ver os planos completos do BCE e espera não se
decepcionar".

O mercado aprofundou as perdas após o presidente do Banco
central Europeu, Jean-Claude Trichet, afirmar que a economia da
zona do euro enfrenta pressões inflacionárias no curto prazo,
levantando apostas de que o BCE aumentará as taxas de juros.

O setor de mineração registrou queda, seguindo os preços do
cobre , devido a temores de que a demanda possa
diminuir nas semanas antes do Ano Novo Chinês, no começo de
fevereiro. Antofagasta , BHP Billiton e
Xstrata tiveram baixas de entre 1,1 e 2 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em
queda de 0,44 por cento, a 6.024 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,09 por cento,
para 7.075 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,75 por cento, a
3.975 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de
0,91 por cento, para 21.308 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 avançou 2,67 por cento,
a 10.371 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 encerrou em alta de 0,37
por cento, para 7.682 pontos.

(Reportagem de Joanne Frearson)

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame