Exame Invest
Mercados

Bolsas chinesas recuam após sinal de política monetária "neutra"

PUBLICADO EM: 19.12.16 | 8H21
Índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,50 por cento
Bolsa de Xangai

Bolsa de Xangai: mercados ficaram cautelosos depois que os principais líderes chineses prometeram evitar bolhas de ativos em 2017

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Xangai / Tóquio - Os mercados chineses recuaram nesta segunda-feira, pressionados pelas blue-chips, uma vez que as expectativas de novo estímulo monetário diminuíram após Pequim prometer conter bolhas de ativos no próximo ano mantendo a política monetária "prudente e neutra".

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,50 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,15 por cento.

Os mercados ficaram cautelosos depois que os principais líderes chineses prometeram evitar bolhas de ativos em 2017 e dar maior importância à prevenção do risco financeiro.

Por sua vez o índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, recuava diante da perspectiva de juros mais altos nos Estados Unidos e de um dólar mais forte com as políticas da administração Trump de corte de impostos e de gastos fortes. Isso ameaça sugar capital dos mercados emergentes.

O índice MSCI tinha queda de 0,45 por cento às 7:42. Desde que Trump foi eleito, o índice recuou 3,7 por cento.

O índice japonês Nikkei, que tem se beneficiado da queda acentuada do iene ante o dólar, interrompeu série de nove dias de alta ao recuar 0,05 por cento.

 

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame