MERCADOS

Bolsas chinesas recuam com preocupações regulatórias

PUBLICADO EM: 26.7.17 | 9H20
O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,4%
Bolsa de Xangai

Bolsa: investidores ficaram cautelosos após o banco central chinês se comprometer a regular rigorosamente o mercado financeiro

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

As preocupações persistentes sobre um aperto adicional na regulamentação do mercado fizeram com que as ações chinesas recuassem nesta quarta-feira pelo segundo dia consecutivo, embora a maioria dos analistas da China não espere uma importante mudança antes de uma sensível reorganização de liderança nacional.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,4 por cento, enquanto o índice de Xangai subiu 0,12 por cento.

Os operadores disseram que os investidores ficaram cautelosos após o banco central chinês se comprometer a regular rigorosamente o mercado financeiro e com o regulador de valores mobiliários do país prometendo manter a "normalização" de novas listagens.

O banco central informou na terça-feira que fortalecerá a regulamentação de operações financeiras feitas pela internet, conforme os responsáveis pela política monetária do país buscam controlar os riscos do que os reguladores chamaram de mercados financeiros "caóticos".

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha alta de 0,06 por cento às 7:18 (horário de Brasília).

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame