Exame Invest
Mercados

Bolsas da América Latina encerram em alta, exceto em Bogotá

PUBLICADO EM: 4.9.13 | 19H16
No mercado de câmbio da Bolsa de Buenos Aires, o preço do dólar subiu levemente e fechou cotado a 5,66 pesos para a compra e a 5,70 pesos para a venda
fachada da antiga bolsa de Bogotá, na Colômbia

Fachada da antiga bolsa de Bogotá: o índice geral (IGBC) da Bolsa de Valores da Colômbia (BVC) fechou em baixa de 0,51%

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Santiago do Chile/Cidade do México/Buenos Aires/Bogotá - O principal indicador da Bolsa de Valores de Santiago, o IPSA, fechou nesta quarta-feira em alta de 0,14%, aos 3.618,64 pontos.

Já o índice geral da bolsa chilena (IGPA) subiu apenas 0,02%, para 17.931,82 pontos. O montante das ações negociadas chegou a 92,1 bilhões de pesos (US$ 182,5 milhões) em 8.678 negociações.

O Índice de Preços e Cotações (IPC) da Bolsa Mexicana de Valores (BMV) encerrou com valorização de 0,59%, para 39.773,53 pontos. Durante o pregão, foram negociados 333 milhões de títulos nos mercados global e local, com giro financeiro de 15,4 bilhões de pesos (cerca de US$ 1,16 bilhão).

O índice Merval, da Bolsa de Buenos Aires, teve alta de 0,95%, para 4.094,92 pontos. O Índice Geral da Bolsa, por sua vez, subiu 0,92%, para 235.951,87 pontos, enquanto o Merval 25 avançou também 0,92%, para 4.100,89.

No mercado de câmbio, o preço do dólar subiu levemente e fechou cotado a 5,66 pesos para a compra e a 5,70 pesos para a venda.

O índice geral (IGBC) da Bolsa de Valores da Colômbia (BVC) fechou em baixa de 0,51%, aos 13.805,55 pontos. Foram negociados títulos no valor de 144,3 bilhões de pesos (US$ 74,1 milhões) em 2.796 operações.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame