Exame Invest
Mercados

Bolsas da Ásia avançam com melhora na confiança

PUBLICADO EM: 14.2.13 | 6H54
Em Sydney, a bolsa avançou 0,66 por cento, para o maior nível desde setembro de 2008, impulsionada por uma forte temporada de resultados
bolsa de hong kong

Em Hong Kong houve alta de 0,85 por cento, enquanto Cingapura teve queda de 0,32 por cento

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Tóquio - As bolsas de valores da Ásia subiram nesta quinta-feira, em meio a uma melhora na confiança dos investidores, enquanto o iene se firmou antes da reunião dos ministros de finanças do G20 neste final de semana.

Às 7h33 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão exibia alta de 0,55 por cento, impulsionado por setores de matérias-primas.

Em Sydney, a bolsa avançou 0,66 por cento, para o maior nível desde setembro de 2008, impulsionada por uma forte temporada de resultados e menores temores sobre os problemas econômicos da Europa e dos Estados Unidos.

O mercado em Seul subiu 0,18 por cento, depois de ter atingido o maior patamar em três semanas na véspera e o maior ganho diário desde 2 de janeiro, em meio a uma pausa do declínio do iene.

Apesar de decisões monetárias na Coreia do Sul e Japão nesta quinta-feira, os mercados praticamente não esboçaram reação.

O banco central da Coreia manteve os juros estáveis pelo quarto mês consecutivo, como o esperado, com economias globais mostrando sinais de melhora e inflação doméstica baixa. Mas a decisão não foi unânime. Já o BC japonês, manteve sua política monetária e melhorou avaliação sobre a economia .

Os mercados também não se moveram após os comentários de Jack Lew na quarta-feira. O indicado do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para o Departamento do Tesouro do país, afirmou que vai apoiar o fortalecimento do dólar, em linha com a política norte-americana.

A bolsa de Tóquio encerrou em alta de 0,5 por cento, apesar de dados que mostraram nesta quinta-feira que o PIB do Japão teve uma terceira queda trimestral consecutiva, de 0,1 por cento nos três meses encerrados em dezembro.

Em Hong Kong houve alta de 0,85 por cento, enquanto Cingapura teve queda de 0,32 por cento. As bolsas em Xangai e Taiwan seguiram fechadas por feriado.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame