Bolsas da Ásia têm queda acentuada; Hong Kong perde 1,1% | Exame Invest
Exame Invest
MERCADOS

Bolsas da Ásia têm queda acentuada; Hong Kong perde 1,1%

PUBLICADO EM: 20.3.12 | 8H15
A maioria das bolsas da região teve queda acentuada, devido à realização de lucros e a notícias negativas vindas da China
Xangai 1

Índice Xangai Composto, na China

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 3MIN

Tóquio - Os mercados asiáticos fecharam no campo negativo nesta terça-feira. A maioria das bolsas da região teve queda acentuada, devido à realização de lucros e a notícias negativas vindas da China. Não houve negociações no Japão por ser feriado.

A Bolsa de Hong Kong fechou no vermelho pelo terceiro pregão seguido, em meio a uma consolidação após a forte sequência do início do ano. O mercado também seguiu o embalo negativo das bolsas chinesas por causa das preocupações sobre os decepcionantes resultados dos balanços bancários. O índice Hang Seng perdeu 227,05 pontos, ou 1,1%, e encerrou aos 20.888,24 pontos.

As Bolsas da China tiveram forte retração, devido à realização de lucros no setor financeiro e às perdas nas empresas de metais, por causa da baixa nos preços globais das commodities. O índice Xangai Composto caiu 1,4% e terminou aos 2.376,84 pontos. O índice Shenzhen Composto perdeu 2,2% e fechou aos 972,03 pontos.

O yuan fechou em baixa ante o dólar, devido à forte demanda por corporações, apesar dos esforços do banco central em conduzir a divisa chinesa a alta via taxa diária de referência. No mercado de balcão, o dólar terminou cotado em 6,3241 yuans, de 6,3233 yuans ontem. A taxa de paridade central dólar-yuan foi fixada em 6,3029 yuans, de 6,3082 yuans na véspera.

Em Taiwan, a Bolsa de Taipé encerrou o dia em baixa, com os investidores relutantes em comprar na falta de dados incentivadores e com ações de pesos pesados cotadas a preços altos. O índice Taiwan Weighted caiu 0,89% e fechou aos 7.972,70 pontos.

A Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, também fechou no vermelho, diante da falta de notícias positivas. Ganhos da Samsung Electronics e em ações de refinarias deram algum apoio ao mercado. O índice Kospi caiu 0,24% e terminou aos 2.042.15 pontos.

Já na Austrália, a Bolsa de Sydney fechou em baixa após comentários negativos feitos pela BHP Billiton e Rio Tinto sobre a China. O índice S&P/ASX 200 recuou 0,37% e encerrou aos 4.275,02 pontos.

A realização de lucros voltou a pesar na Bolsa de Manila, nas Filipinas, depois de o índice atingir recorde de pontuação na sexta-feira. O índice PSE caiu 0,5% e terminou aos 5.102,25 pontos.

A Bolsa de Cingapura fechou em alta, na contramão das demais da região, com os investidores adquirindo papéis após três sessões de baixa. O índice Straits Times subiu 0,4% e fechou aos 3.002,73 pontos.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, avançou 0,6% e fechou aos 1.196,60 pontos, com compras de fundos estrangeiros.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, recuou 0,1% e fechou aos 4.022,17 pontos, pressionado por declínios nas demais regionais.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, subiu 0,3% e fechou aos 1.577,62 pontos, na expectativa do discurso do presidente do Fed, Ben Bernanke, mais tarde. As informações são da Dow Jones


Leia também

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame