Exame Invest
Mercados

Bolsas de Moscou concluem fusão

PUBLICADO EM: 29.6.11 | 9H52
A operação tenta fortalecer a Rússia no mercado financeiro internacional
Bolsa de Moscou

Bolsa de Moscou: a nova entidade deve começar a ser cotada na Bolsa no quarto trimestre de 2012

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Moscou, Rússia - As Bolsas de Moscou Micex e RTS assinaram um acordo de fusão, uma operação que tenta fortalecer a Rússia no mercado financeiro internacional, anunciaram nesta quarta-feira seus respectivos diretores, Serguei Chvestsov e Ruben Aganbeguian, em coletiva de imprensa.

O Micex, avaliado em 103,5 bilhões de rublos (3,66 bilhões de dólares), compra assim a RTS, de 34,5 bilhões de rublos (1,22 bilhões de dólares), segundo o comunicado.

A nova entidade deve começar a ser cotada na Bolsa (IPO) no quarto trimestre de 2012.

As duas bolsas assinaram em fevereiro um primeiro acordo visando à fusão em março ou abril. Segundo o texto, o Micex ia adquirir a RTS e seus valores respectivos estavam avaliados em 3,45 bilhões de dólares e 1,5 bilhões de dólares.

A RTS, que é cotado em dólares, é o mercado moscovita de derivados. A Micex, onde as cotações são feitas em rublos, é o mercado privilegiado para intercâmbios de ações e transações monetárias.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame