Exame Invest
MERCADOS

Bolsas dos EUA atingem máximas com investidores focando em fusões

PUBLICADO EM: 6.11.17 | 21H03
O Dow Jones encerrou em alta de 0,04%, a 23.548 pontos, enquanto o S&P 500 subiu 0,13%, a 2.591 pontos e o Nasdaq avançou 0,33%, para 6.786 pontos
Wall Street

Wall St: a Qualcomm subiu 1,15% após a Broadcom ter se oferecido para comprar a fabricante

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

As ações norte-americanas tocaram máximas recordes nesta segunda-feira, ajudadas pelo otimismo em relação à atividade de fusões e apostas dos investidores de que o plano dos republicanos para reduzir impostos corporativos impulsionará os ganhos.

O índice Dow Jones encerrou em alta de 0,04 por cento, a 23.548 pontos, enquanto o S&P 500 subiu 0,13 por cento, a 2.591 pontos e o Nasdaq Composite avançou 0,33 por cento, para 6.786 pontos. Todos fecharam em máximas recordes.

A Qualcomm subiu 1,15 por cento após a Broadcom ter se oferecido para comprar a fabricante de chips para smartphones por 103 bilhões de dólares, no que pode ser a maior aquisição da história do setor de tecnologia. O papel da Broadcom teve alta de 1,42 por cento.

"O fato de este acordo estar na mesa é muito importante", disse o administrador de portfólios da Kingsview Asset Management em Chicago, Paul Nolte.

O otimismo dos investidores também foi alimentado por uma proposta dos republicanos na semana passada para reduzir a carga tributária de empresas para 20 por cento, ante 35 por cento.

"Eu acho que esse é o principal guia", disse o diretor administrativo da R.J. O'Brien & Associates, John Brady. "Mesmo que vá somente até 25 por cento, ou 27 por cento, ainda está indo na direção certa."

Imagem da Editoria Exame Invest
Reuters


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame