Exame Invest
Mercados

Bovespa abre em alta, à espera de desfecho na Grécia

PUBLICADO EM: 29.6.11 | 10H17
São Paulo - A Bolsa de Valores de São Paulo inicia o pregão desta quarta-feira novamente em compasso de espera pela Grécia, que pode ter um desfecho para a sua crise da dívida nas próximas horas. A expectativa dos mercados globais, de que o Parlamento grego aprove medidas de austeridade fiscal adicionais, mantém o sinal […]
EXAME.com

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

São Paulo - A Bolsa de Valores de São Paulo inicia o pregão desta quarta-feira novamente em compasso de espera pela Grécia, que pode ter um desfecho para a sua crise da dívida nas próximas horas. A expectativa dos mercados globais, de que o Parlamento grego aprove medidas de austeridade fiscal adicionais, mantém o sinal positivo nas bolsas e commodities mundo afora, o que deve ser replicado por aqui. O noticiário corporativo também pode agitar o pregão. Às 10h05, nos primeiros minutos de negociação, o índice Bovespa à vista subia 0,37%, aos 62.531,65 pontos.

Os investidores estão confiantes de que a Grécia dirá "sim" ao plano de corte de gastos e aumento de impostos válido até 2015, abrindo as portas para que a UE e o FMI concedam um segundo resgate financeiro ao país mediterrâneo, além de liberar as parcelas restantes do pacote firmado no ano passado. A votação teve início nesta manhã e o governo do primeiro-ministro, George Papandreou, tem uma maioria apertada no Parlamento, de apenas seis votos.

Em Wall Street, o futuro do S&P-500 subia 0,35% e o Nasdaq 100 futuro avançava 0,25%. Nos EUA, saem as vendas pendentes de imóveis em maio às 11 horas e o presidente Barack Obama discursa, às 12h30, sobre o Orçamento.

Especialistas acreditam que depois de o Ibovespa ter recuperado o nível dos 62 mil pontos ontem, o sinal verde vindo da Grécia pode intensificar os ganhos da Bolsa brasileira hoje, com os efeitos de fim de mês, em conjunto com o fim do semestre, garantindo uma recuperação mais consistente aos negócios. Em junho, até ontem, o Ibovespa acumula queda ao redor de 3,6%.

Para tanto, os agentes também estarão de olho no noticiário corporativo. O mercado segue atento aos desdobramentos sobre a proposta de fusão entre Carrefour e Pão de Açúcar, no Brasil, em uma tentativa de desvendar os próximos movimentos dos grupos envolvidos na operação. Além disso, o consórcio formado pela Petrobras, Repsol Sinopec e Statoil anunciou ontem ter descoberto dois níveis de petróleo de boa qualidade no poço exploratório Gávea, no pré-sal na Bacia de Campos.

Também em destaque, estreiam hoje as ações ON da Qualicorp, sob o código QUAL3, que passa a ser a 121ª empresa do Novo Mercado da Bovespa. O grupo de saúde coletiva captou até R$ 1,085 bilhão em sua oferta pública inicial (IPO). O preço por ação foi definido em R$ 13, abaixo da faixa indicativa. Já a Kroton Educacional fecha hoje o preço da ação em sua distribuição pública primária e secundária.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame